terça-feira, 5 de outubro de 2010

João 11:47-57

            O plano para tirar a vida de Jesus

  Então os sacerdote principais e os fariseus convocaram uma reunião do conselho para discutir a situação
  "Que vamos fazer?" perguntavam uns aos outros.
  "Pois evidentemente este homem faz milagres.Se nós O deixarmos em paz,a nação inteira irá atrás dEle e então o exército romano virá para nos matar e tomar conta do governo judaico".
  Então,um deles,Caifás,que era o supremo sacerdote naquele ano,disse:"Vocês não sabem coisa alguma! - Que morra só esse homem pelo povo - porque morreria a nação inteira?"
  Esta profecia de que Jesus deveria morrer pela nação foi dada por Caifás na qualidade de supremo sacerdote - ele não teve esta ideia por si mesmo,mas foi inspirado a fazer isso.Foi uma predição de que a morte de Jesus seria  não somente por Israel,mas por todos os filhos de Deus espalhados ao redor do mundo.Por isso,daquela hora em diante,os lideres judaicos começaram a planejar a morte de Jesus.
  Então Jesus parou com o seu ministério público e deixou Jerusalém,foi para a beira do deserto,na aldeia de Efraim,onde ficou com os seus discípulos.
  A Páscoa,uma festa judaica estava próxima,e muita gente chegou a Jerusalém antes para participar da cerimonia de purificação antes da Páscoa começar.Eles queriam ver Jesus,e nas conversas no templo,perguntavam uns aos outros:"Que acha?Será que Ele vem para a Páscoa?"Enquanto isso os sacerdotes principais e os fariseus tinham anunciado publicamente que qualquer um soubesse onde estava Jesus,deveria denunciar imediatamente para que fosse preso.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pois o salário do pecado é a morte, mas o Dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor. ( Romanos 6:23)