terça-feira, 30 de novembro de 2010

Números 6:1-27

                                          A lei do nazireado

  E o Senhor deu mais estas ordens para o povo de Israel:
  "Quando um homem e uma mulher fizer o voto especial de um nazireu,isto é,dedicar-se ao Senhor de uma maneira especial,depois de fazer o voto essa pessoa não deve tomar bebida alcoólica,nem mesmo suco de uva,nem comer uva fresca ou seca.Isto deve obedecer durante todo o tempo de dedicação especial ao Senhor.Não pode comer nada que se faz de uvas,nem das sementes,nem da casca.
 " Durante todo esse tempo não deve nunca cortar cabelo,porque essa pessoa é santa e separada para o Senhor.Por isso deve deixar crescer o seu cabelo.
  " Essa  pessoa não deve de se aproximar de qualquer defunto durante todo o tempo do voto,mesmo que seja o corpo do pai,da mãe,do irmão,ou da irmã pois este voto de dedicação não pode ser quebrado,e essa pessoa está separada para o Senhor durante todo esse tempo.Se alguém morrer do lado dele e encostar na pessoa que fez o voto,então sete dias depois,deve rapar a cabeça porque foi contaminado.Então será limpo da contaminação de encostar num defunto.No dia seguinte que é o oitavo dia deve trazer duas rolinhas ou dois filhotes de pombo ao sacerdote na entrada do tabernáculo.
  O sacerdote deve oferecer uma das aves pelo pecado,e a outra para ser queimada.
  A morte dessas aves servirá para apagar o pecado da contaminação.Nessa mesmo dia,essa pessoa deve fazer de novo os votos e deixar o cabelo crescer novamente.
  Os dias que passaram desde o primeiro voto não tem mais valor,e deve recomeçar tudo de novo com novo voto e trazer um carneiro de um ano de idade como oferta pela culpa.
  "No final do tempo do voto de separação para o Senhor,deve ir a entrada do Tabernáculo e oferecer um carneiro como oferta queimada.O carneiro deve ser sem defeito e ter um ano de idade.Também deve oferecer uma ovelha sem defeito e de um ano de idade como oferta pelo pecado,um carneiro sem defeito como oferta pacífica,uma cesta de pão sem fermento,bolinhos de flor de farinha amassados com azeite de oliva,massa sem fermento e com azeite de oliva,e também as ofertas de cereais e de bebidas.
  "O sacerdote deve apresentar estas ofertas para o Senhor na seguinte ordem:primeiro a oferta pelo pecado e a oferta queimada,depois o carneiro como oferta pacífica,junto com a cesta de pão sem fermento;e finalmente a oferta de cereais com a oferta de bebidas.
  "Então o nazireu deve raspar a sua longa cabeleira,que é o sinal do voto de separação.Ele deve fazer isto na entrada do Tabernáculo,apanhar o cabelo e pôr sobre o fogo que fica debaixo do sacrifício da oferta pacífica.Depois disto o sacerdote deve apanhar o ombro cozido do carneiro,um dos bolinhos,feitos sem fermento,e uma das massas,também feita sem fermento,e colocar tudo nas mãos do homem.O sacerdote então moverá a oferta para frente e para trás na presença do Senhor,num gesto de apresentação.Tudo isto é sagrado e pertence ao sacerdote,junto com o peito e com a coxa da oferta que foram apresentados ao Senhor.Depois disso o nazireu pode beber vinho,porque esta livre do voto.
  "Esta é a lei sobre o nazireu e sobre os sacrifícios no final do tempo de dedicação especial.Além destes sacrifícios,deve trazer qualquer outra oferta que ele prometeu,quando fez o voto para ser nazireu."

                         A bênção sacerdotal

  Disse o Senhor à Moisés:"Diga à Arão e aos filho de Arão que eles devem abençoar os filhos de Israel da seguinte maneira:
  'QUE O SENHOR OS ABENÇOE E PROTEJA;QUE O ROSTO DO SENHOR BRILHE DE ALEGRIA POR CAUSA DE VOCÊS;LHES CONCEDA O SEU FAVOR E A SUA PAZ.'Esta é a maneira como Arão e seus filhos pedirão para que eu abençoe os filhos de Israel,e eu mesmo responderei abençoando o povo."
 

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Salmos 146:1-10

                         A fraqueza do homem
                         e a fidelidade de Deus

  A glória do Senhor!Minha alma dará glórias ao Senhor!Sim,darei glória ao Senhor durante toda a minha vida.Cantarei salmos ao meu Deus,,enquanto estiver vivo.
  Não confiem nos homens ricos e poderosos porque não existe um único homem capaz de salvar.Quando o espírito saí de seus corpos eles voltam ao pó e todos os seus planos vão por água abaixo.
  Feliz mesmo é o homem que faz do Deus de Israel o seu apoio e depende completamente do Senhor seu Deus,o criador dos céus,da terra,do mar e de todos os seres vivos,o Deus que é fiel e verdadeiro para sempre.ELE FAZ JUSTIÇA AOS POBRES,ALIMENTA OS FAMINTOS E LIBERTA OS PRESOS.O SENHOR DEVOLVE A VISTA AOS CEGOS E LEVANTA OS CAÍDOS E DESANIMADOS.O SENHOR AMA OS QUE SE ESFORÇAM PARA FAZER O BEM.ELE PROTEGE OS ESTRANGEIROS E AJUDA OS ÓRFÃOS E AS VIÚVAS,MAS ENCHE DE PERIGOS E DIFICULDADES O CAMINHO DOS PECADORES REBELDES.
  O Senhor é o Rei Eterno!O teu Deus ó Jerusalém,reinará para sempre!Aleluia!Glória ao Senhor"

sábado, 27 de novembro de 2010

Miquéias 4:1-13

         O anúncio do chamamento dos gentios

  Mas nos últimos dias o Monte de Sião será a montanha mais famosa e conhecida do mundo,admirado por todas as nações,e gente de toda a terra fará peregrinações até ele."Venham",dirão uns aos outros,vamos visitar o Monte do Senhor,vamos ver o templo do Deus de Israel.Ele nos dirá o que devemos fazer,e assim nós faremos".Porque naqueles dias todo o mundo será governado pelo Senhor e a capital será Jerusalém!Dali o Senhor decretará as suas leis e anunciará as suas decisões.
  Ele vai decidir os problemas que surgirem entre as nações,e vai ditar a lei para nações poderosas e distantes.Os homens derreterão as suas espadas e farão arados,das lanças farão podadeiras.As nações não lutarão mais entre si,porque as guerras acabarão.Haverá paz universal e todas as escolas militares e quartéis serão fechados.
  Todos viverão tranquilamente em suas própria casa,em paz e prosperidade porque não haverá nada a temer.O Senhor do universo mesmo prometeu isso.Por isso seguiremos o Senhor nosso Deus para sempre,mesmo que todas as nações que nos rodeiam adorem ídolos!
  Naquele dia porvir,o Senhor diz que trará de volta,o seu povo castigado,doente, aleijado e sem nada de seu,e o fará novamente uma nação poderosa em sua terra.O Senhor mesmo será o seu Rei no Monte Sião para sempre.Ó Jerusalém,Torre de Vigia do povo de Deus,a força e o poder real lhe serão devolvidos,tal como antes.
  Agora,porém,você grita de terror.
  Onde está o seu rei para dirigi-la?Está morto!Onde estão os seus sábios?Desapareceram todos!A dor tomou conta de você,como uma mulher que está para dar a luz.Contorça-se e gema por causa de sua terrível dor,povo de Sião,pois vocês devem deixar esta cidade e morar nos campos,vocês serão levados para longe,para o exílio em Babilônia.Lá,porém,Eu os socorrerei e os libertarei das correntes de seus inimigos.
  É verdade que muitas nações se ajuntarão para atacar Israel,exigindo o seu sangue,ansiosos por destruir os seus habitantes.Mas eles não sabem os meus pensamentos e nem entendem meu plano,pois vai chegar o dia em que o Senhor reunirá os inimigos do seu povo como feixes de cereal,num campo,sem defesa diante de Israel.
  LEVANTE-SE E DEBULHE,FILHA DE SIÃO.
  EU DAREI A VOCÊ CHIFRES DE FERRO E CASCOS DE BRONZE.VOCÊ PISARÁ AS NAÇÕES E AS FARÁ EM PEDAÇOS OFERECENDO AS RIQUEZAS DELAS AO SENHOR,O SENHOR DE TODA A TERRA.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Jeremias 20:1-18

                       Amaldiçoado Pasur
             que meteu o profeta no tronco

  Quando Pasur,filho do sacerdote Imer,responsável pelo templo do Senhor,ouviu Jeremias anunciando essas coisas,mandou prender o profeta.Depois Jeremias foi chicoteado e amarrado ao tronco que estava junto a porta de Benjamim,no templo.Pasur deixou Jeremias preso ao tronco durante toda a noite.
  No dia seguinte,quando Pasur soltou Jeremias ele disse:"Pasur,o Senhor muda o seu nome:de hoje em diante o seu nome será 'Homem Cercado pelo Medo'.Além disso,o Senhor dia que vai provocar medo em você e em todos os seus amigos,e verá cada um deles morrer na guerra.O Senhor vai entregar todo o povo de Judá ao rei de Babilônia.Esse rei levará o povo para a sua terra como escravo,e matará muita gente por lá."Eu entregarei aos inimigos todas as riquezas de Jerusalém,conseguidas pelo esforço de seus moradores.Todos os tesouros ajuntados pelo rei de Judá - o ouro,a prata,e as pedras preciosas  - tudo isso eu darei aos inimigos,e eles levarão para Babilônia,"diz o Senhor.E quanto  você Pasur,será levado como escravo para Babilônia,com toda a sua família.Lá você vai morrer e será enterrado.E isso não vai acontecer só com você;acontecerá com toda essa gente,para quem você anda profetizando mentiras."

                      O lamento do profeta

  Então eu disse à Deus:"O Senhor me convenceu a ser profeta, e eu aceitei pensando que seria protegido.O Senhor foi mais forte do que eu e me obrigou a anunciar as suas palavras .E veja o resultado!
  Hoje toda a população de Jerusalém ri às minhas custas!Por que sempre me obrigou a gritar alto,anunciando castigo e destruição?Por causa disso todos zombam de mim,e já não posso sair sem passar vergonha!E apesar de tudo isso,não posso deixar de falar sobre o Senhor,se penso em parar,as suas palavras queimam como fogo;o sofrimento é tanto que não posso aguentar.Por todos os lados gente me ameaça dizendo baixinho:'Nós vamos contar ao rei que você anda espalhando essas noticias!'Até os meus amigos íntimos estão esperando que eu cometa algum erro."Ele vai cair na sua própria armadilha",dizem eles,"então iremos à forra".
  Mas o Senhor está ao meu lado,como um soldado valente e forte!Por isso os planos dos meus inimigos falharão,e eles não conseguirão me destruir.Em vez disso,eles é que serão envergonhados e desprezados,e ficarão marcados para sempre;ninguém vai esquecer a loucura dessa gente que tentou lutar contra Deus.
  Ó Deus de todo o Universo,o Senhor sabe quem é justo e conhece bem os pensamentos e emoções de todos os homens.
  Permita que eu veja o seu castigo sobre essa gente,porque eu entreguei minha vida nas suas mãos.Por isso,cheio de gratidão,eu cantarei ao Senhor,e louvarei ao Senhor.Quando eu mais precisava de ajuda ele me livrou de quem queria me matar.

                    Jeremias amaldiçoa
               o dia de seu nascimento

  Apesar disso,maldito seja o dia em que eu nasci!Nunca se diga que o dia do meu nascimento foi um dia feliz.Maldito o homem que disse à meu pai:"Nasceu!É um menino!"Tomara que esse homem seja destruído como as antigas cidades que o Senhor destruiu,sem dó nem piedade.Que ele viva cheio de medo,ouvindo barulho de guerra o dia inteiro!
  Por que Deus não me matou enquanto eu ainda estava no ventre da minha mãe?
Por que o ventre da minha mãe não foi também a minha sepultura?Por que ela não morreu em plena gravidez?
  Afinal,para que eu nasci?Toda a minha vida foi só sofrimento cansaço;e agora,de dia e noite eu passo vergonha em toda parte!

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Salmos 145:1-21

        A bondade,grandeza,e providência
                             de Deus

  Cantarei a Tua grandeza,ó meu Deus e Rei!Eu te louvarei durante toda a minha vida,cantarei louvores e glórias a ti diariamente,até o fim da minha vida.
  O Senhor é grande e poderoso e por isso merece todo o nosso louvor.Ninguém é capaz de imaginar como é grande o poder de Deus!Os pais contarão aos seus filhos as coisas maravilhosas,os grandes milagres que Tu fizeste.Pensarei constantemente sobre o Teu glorioso poder,meditarei sobre a tua grandeza e os teus milagres maravilhosos.Teus tremendos sinais de poder estão em todas as bocas,e eu anunciarei ao mundo a tua grandeza.Por muitos e muitos anos todos se lembrarão da Tua grande bondade,e os homens cantarão,louvando a Tua justiça.
  O Senhor é cheio de graça e misericórdia,sua paciência é grande e Ele está sempre pronto a perdoar.O Senhor faz bem à todos;sua misericórdia está presente em todas as coisas que Ele faz.
  Todos os seres vivos Te darão graças,ó Senhor.Os homens que Te amam e Te obedecem louvarão o Teu nome.Todos comentarão a glória do Teus Reino e reconhecerão abertamente o Teu poder.Assim toda a humanidade conhecerá os Teus milagres,a majestade e a glória do Teu Reino.O Teu Reino durará para sempre,e Tu dominarás o universo eternamente.O Senhor é fiel e cumpre as suas promessas;Ele faz tudo com absoluta perfeição.
  O Senhor apoia os que estão caindo e levanta os que caíram ao chão.Os olhos de todos se voltam em Tua direção esperando o sustento que Tu dás sempre na hora certa,dia e noite,sem parar abre as Tuas mãos e derrama a sua bondade sobre todos os seres vivos,dando alimento e água.
  O Senhor é justo em todos os seus planos e mostra o seu amor fiel em tudo o que faz.Ele se aproxima de todos os que pedem a sua ajuda,que clamam por Ele com coração sincero;Ele atende os pedidos de quem O ama e obedece as suas leis;ouve as orações e salva quem pede ajuda.O Senhor protege a todos os que amam a Deus;mas castiga os que vivem longe dEle.
  Por tudo isso eu cantarei glórias ao Senhor,e toda a humanidade há de louvar o Santo Deus por toda a eternidade.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Apocalipse16:1-21

                  O primeiro flagelo

  E ouvi uma poderosa voz bradando do templo aos sete anjos:"Agora sigam o seu caminho e esvaziem os sete vasos da ira de Deus".
  Assim foi que o primeiro anjo saiu do templo e derramou o vaso dele sobre a terra;e rebentaram feridas horríveis e malignas em todo aquele que tinha o sinal da Criatura e estava adorando a Estátua dela.

                      O segundo flagelo

  O segundo anjo derramou o vaso dele sobre os oceanos;e eles se tornaram como o sangue aguado dum morto;e morreu tudo o que estava em todos os oceanos.

                      O terceiro flagelo

  O terceiro anjo derramou o vaso dele sobre os rios e as fontes,e eles se tornaram em sangue.E eu ouvi este anjo das águas afirmando:"O Senhor é justo ao enviar este julgamento,ó Santo que é que foi,pois os seus santos profetas foram martirizados e o sangue deles foi derramado sobre a terra;e agora em troca,o Senhor derramou o sangue daqueles que O assassinaram;é a justa recompensa deles."
  E ouvi o anjo do altar dizer:"Sim,Senhor Deus Todo Poderoso,os seus castigos são justos e verdadeiros".
 
                    O quarto flagelo

  Então o quarto anjo derramou o vaso dele sobre o sol;e fez o sol queimar todos os homens com o fogo dele.Todos foram queimados por esse sopro de calor,e amaldiçoaram o nome  de Deus que enviou as pragas - eles não mudaram nem sua mente nem sua atitude para dar glórias à Ele.
 
                         O quinto flagelo

  Então o quinto anjo derramou o vaso dele sobre o trono do monstro que saiu do mar,e o reino dele foi mergulhado na escuridão.E os súditos dele remordiam a língua de angústia.Amaldiçoavam o Deus do céu pelas dores e as feridas que sofriam,mas recusaram-se arrepender-se de todas as suas más obras.

                       O sexto flagelo

  O sexto anjo derramou o vaso dele sobre o grande rio Eufrates;e ele secou,de modo que os reis que vinham do oriente puderam marchar com os seus exércitos para o ocidente sem impedimento.E vi saltarem da boca do Dragão,do Monstro e do seu falso profeta,três espíritos maus disfarçados em sapos.
  Estes demônios operadores de milagres combinaram com todos os governantes do mundo reuni-los para a batalha contra o Senhor naquele grande Dia do Juízo do Deus Todo-Poderoso que está para vir.
  "Tome nota:Eu virei tão inesperadamente como um ladrão!Benditos todos aqueles que estão me esperando,que conservam de prontidão os seus mantos e não precisam andar nus nem envergonhados."
  E eles juntarão todos os exércitos do mundo perto dum lugar chamado em hebraico Armagedom - a montanha de Megido.

                      O sétimo flagelo

  O sétimo anjo derramou o vaso dele no ar;e do trono do céu veio um grande clamor dizendo:"Está terminado!"Então trovão rugiu e ribombou,e os relâmpagos fuzilaram;e houve um grande terremoto de intensidade sem precedentes na história do mundo.
  A grande cidade de Babilônia partiu-se em três pedaços,e as cidades ao redor do mundo caíram em montões de ruínas;e assim todos os pecados da' Babilônia'foram lembrados nos pensamentos de Deus,e ela foi castigada até a ultima gota de cólera do cálice de vinho do furor da sua ira.E as ilhas desapareceram,e as montanhas foram aplainadas,e houve uma incrível tempestade de pedras caídas do céu,pedras do peso de 50 quilos caíram do céu em cima do povo,e eles amaldiçoaram a Deus por causa da terrível chuva de pedras.



 

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Apocalipse 20:1-15

         A prisão de Satanás por mil anos
                 A primeira ressurreição

  Nisso eu vi descer do céu um anjo com a chave do abismo insondável e uma corrente pesada na mão.Ele prendeu o Dragão - aquela velha serpente,o diabo,Satanás - e o amarrou com correntes durante 1.000 anos,e o jogou dentro do abismo insondável,que depois fechou e trancou,de modo que ele não podia mais enganar as nações até que os mil anos tivessem terminado.Depois disso ele seria solto novamente por um pouco de tempo.
  Então vi tronos e neles estavam sentados aqueles que haviam recebido o direito de julgar.E vi a alma daqueles que haviam sido degolados pelo seu testemunho a respeito de Jesus,por proclamarem a palavra de Deus,e que não tinham adorado o Monstro ou a sua estátua,nem aceitado o sinal na testa ou na mão.Eles tinham voltado a viver novamente e agora reinavam com Cristo durante mil anos.
  Esta é a primeira ressurreição(o restante dos mortos não voltou à vida enquanto os mil anos não tinham terminado).Benditos e Santos aqueles que tomam parte na primeira ressurreição.Para eles a segunda morte não representa nenhum terror,porque serão Sacerdotes de Deus e de Cristo,e reinarão com Ele mil anos.
 
                 Satanás é solto e derrotado

  Quando os mil anos terminarem,Satanás poderá sair da sua prisão.E ele sairá para enganar as nações do mundo e reuni-las para a batalha juntamente com Gogue e Magogue - uma tropa poderosa e inumerável como a areia da praia.
  Subirão pela vasta planície da terra e cercarão o povo de Deus e a querida cidade de Jerusalém por todos os lados.Mas vai jorrar fogo do Deus do céu sobre os exércitos atacantes e os consumirá.
  Então o diabo que os havia traído será jogado novamente dentro do lago de fogo que queima com enxofre,onde estão o Monstro e o falso profeta,e serão atormentados dia e noite para todo o sempre.

                      O juízo de Deus

  E vi um grande trono branco e aquele que estava sentado nele,cuja presença fugiram a terra e o céu,mas não encontraram nenhum lugar para esconder-se.
  E vi os mortos,grandes e pequenos de pé diante de Deus;e foram abertos os livros,incluindo-se o Livro da Vida.E os mortos foram julgados de acordo com as coisas escritas nos Livros,cada um de acordo com as obras que tinha praticado.
  Os oceanos entregaram os corpos sepultados neles;a terra e o Hades entregaram os mortos que estavam neles.Cada um foi julgado de acordo com as suas obras.
  E a Morte e o Inferno foram jogados no lago de fogo.Esta é a segunda morte - o lago de fogo.E se o nome de alguém não se achou registrado no Livro da Vida,esse foi jogado no Lago de Fogo.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Atos 5:33-42

                  O parecer de Gamaliel

  Com isso o conselho ficou furioso e decidiu matar os apóstolos.Mas um de seus membros,um fariseu chamado Gamaliel(especialista na lei religiosa e muito estimado pelo povo),levantou-se e pediu que os apóstolos fossem mandados para fora da Sala do Conselho enquanto ele falava.
  Depois dirigiu-se aos colegas,dizendo:
  "Homens de Israel,cuidado com o que vocês estão planejando fazer com estes acusados!Há algum tempo houve aquele Teudas,que tinha a pretensão de ser alguém importante.Cerca de outros 400 se juntaram a ele,porém foi morto e seus seguidores foram dispersos sem prejuízo para ninguém.
  Depois dele,na época do recenseamento,surgiu Judas na Galileia.Este arrastou consigo algumas pessoas como discípulos;porém,ele também morreu,e os seus seguidores se espalharam.
  Portanto,a minha opinião é esta:deixem estes homens em paz SE O QUE ELES ENSINAM E FAZEM É PURAMENTE DELES MESMOS,ISSO LOGO SERÁ DESFEITO.PORÉM SE É DE DEUS,VOCÊS NÃO SERÃO CAPAZES DE FAZER NINGUÉM PARAR,NÃO É BOM QUE ACONTEÇA QUE VOCÊS SE ENCONTREM A SI MESMOS LUTANDO ATÉ CONTRA DEUS."
  O Conselho aceitou a opinião de Gamaliel,chamou os apóstolos,mandou espancá-los e então disse à eles que nunca mais falassem no nome de Jesus;finalmente mandou que fossem embora.Os apóstolos foram embora da Sala do Conselho sentindo alegria porque Deus havia achado que eles eram dignos de sofrer ofensas por amor ao nome do Senhor Jesus Cristo.E todos os dias no templo e na cidade,continuavam a ensinar e pregar que Jesus é o Messias.
 

sábado, 20 de novembro de 2010

Atos 5:17-32

                A prisão dos apóstolos

  O supremo sacerdote,os parentes e amigos dele entre os saduceus,reagiram com uma violenta inveja.E prenderam os apóstolos,pondo todos na cadeia pública.
  Porém um anjo do Senhor veio de noite,abriu os portões da cadeia e levou os apóstolos para fora,dizendo:"Vão para o templo,e preguem sobre a vida eterna!"
  Eles chegaram ao templo perto do amanhecer,e imediatamente começaram a pregar!Mais tarde,naquela manhã,o supremo sacerdote e seus auxiliares chegaram ao templo,e convocaram o conselho judaico e o Senado todo:Depois mandaram buscar os apóstolos e trazer para julgamento.Mas quando os policiais chegaram a cadeia,os homens não estavam lá,e por isso voltaram ao conselho informaram:"As portas da cadeia estavam trancadas,e os guardas se achavam do lado de fora,mas quando abrimos os portões,não havia ninguém lá!"
  Quando o comandante da policia do templo e os sacerdotes principais souberam disto,ficaram furiosos,querendo descobrir o que iria acontecer em seguida e onde é que aquilo tudo iria acabar!Foi então que chegou alguém com a noticia de que os prisioneiros estavam soltos no templo,pregando ao povo!
  O comandante da policia foi com seus oficiais e prendeu os apóstolos(sem violência porque estavam com medo de que o povo se revoltasse se eles tratassem os discípulos com brutalidade),trazendo os acusados diante do conselho.
  "Nós não dissemos à vocês que nunca mais tornassem a pregar sobre este Jesus?"Perguntou o supremo sacerdote."E em que lugar disso vocês encheram Jerusalém toda com o seu ensino e pretendem por a culpa da morte desse Homem em cima de nós!"
  Porém Pedro e os apóstolos responderam:"Devemos primeiro obedecer a Deus,e depois aos homens.O Deus dos nossos antepassados trouxe Jesus de volta à vida depois que foi morto pelos senhores,pendurado numa cruz.Então,com vigoroso poder,Deus glorificou Jesus para ser Príncipe e Salvador,para que o povo de Israel tivesse uma oportunidade de arrependimento e para que os pecados deles fossem perdoados.Nós somos testemunhas destas coisas,e assim é  também o Espírito Santo,que Deus concede à todos os que Lhe obedecem".

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Atos 5:1-16

                        Ananias e Safira

  Porém,houve um homem chamado Ananias(com sua esposa Safira)que vendeu uma certa propriedade,e trouxe somente uma parte do dinheiro,afirmando que era o preço total(a esposa dele tinha concordado com essa mentira).
  Mas Pedro disse:"Ananias,Satanás encheu o seu coração.Por que você deixou?Quando você afirmou que este era o preço total,estava mentindo ao Espírito Santo.A propriedade era sua para vender ou não,como quisesse.E depois de vende-la estava com você decidir quanto ia dar,como pôde inventar uma coisa destas?Não estava mentindo à nós,mas sim à Deus".
  Logo que Ananias ouviu estas palavras,caiu morto no chão!Todo mundo ficou com medo.E os mais jovens cobriram o morto com um lençol,levaram para fora e sepultaram Ananias.
  Cerca de três horas depois entrou a esposa dele,sem saber o que tinha acontecido.Pedro perguntou:"Vocês venderam aquela terra por este preço assim,assim?"
  "Sim"respondeu ela,"vendemos".
  Então Pedro disse:"Como é que você e seu marido puderam até mesmo pensar uma coisa destas - conspirar juntos para pôr à prova a capacidade do Espírito de Deus de saber o que está acontecendo?Bem ali,do lado de fora daquela porta,estão os rapazes que sepultaram o seu marido,e levarão você também".
  Imediatamente ela caiu morta no chão,os jovens entraram,e ao ver que Safira tinha morrido,carregaram o corpo para fora e sepultaram ao lado do marido.Um profundo respeito se apoderou da igreja inteira e de todos os que souberam do que tinha acontecido.

      Os apóstolos fazem muitos milagres

  Enquanto isso os apóstolos se reuniam regularmente no templo,na parte conhecida como o Alpendre de Salomão,e Deus operou muitos milagres notáveis entre o povo pela mão dos apóstolos.
  Entretanto ,os de fora não tinham coragem de juntar-se a eles,mas todos tinham para com eles a maior consideração.E crentes em números cada vez maiores eram acrescentados ao Senhor,multidões de homens e de mulheres.Traziam gente doente em camas e esteiras para as ruas,a fim de que pelo menos a sombra de Pedro caísse sobre alguns deles,enquanto o apóstolo passava!E dos subúrbios de Jerusalém,vinham multidões trazendo seus doentes e aqueles que estavam possessos de espíritos imundos;e cada um deles era curado.
 

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

João 18:33-40

                Pilatos interroga a Jesus

  Então Pilatos entrou de volta no palácio e ordenou que trouxessem Jesus:
  "Você é o Rei dos Judeus?"Perguntou.
  "Rei,como o senhor usa a palavra ou como os judeus empregam essa palavra?"Perguntou Jesus.
  "E eu lá sou judeu?"Disse Pilatos.
  "O seu próprio povo os sacerdotes principais,trouxeram você aqui.por que?O que foi que você fez?"
  Então Jesus respondeu:"Eu não sou rei terreno.Se fosse os meus seguidores teriam lutado quando Eu fui preso pelos lideres judeus.Mas o Meu Reino não é deste mundo".
  Pilatos respondeu:"Então você é Rei?"
  "Sim",disse Jesus Eu nasci para isso.Eu vim trazer a verdade ao mundo.Todos os que amam a verdade são meus seguidores".
  "Que é a verdade?" Perguntou Pilatos.Depois ele saiu outra vez aonde o povo estava e disse:"Pelo meu exame não há nada contra Ele.Mas vocês tem um costume de cada ano pedir que na Páscoa eu solte alguém da prisão.Portanto,se vocês quiserem eu soltarei o "Rei dos Judeus".
  Porém eles gritaram!"Não esse homem não,e sim,Barrabás!"Barrabás era um assaltante.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

João 18:25-32

      De novo ,Pedro nega a Jesus

  Enquanto isso,Simão Pedro ainda estava perto da fogueira,e perguntaram novamente à ele:"Você não é um dos discípulos dEle?"
  "Claro que não",respondeu ele.
  Mas um dos escravos da casa do supremo sacerdote - parente do homem de quem Pedro havia cortado a orelha - perguntou:"Eu não vi você lá no bosque das Oliveiras com Jesus?"
  Outra vez Pedro negou isso.E imediatamente um galo cantou.
 
                 Jesus perante Pilatos

  O julgamento de Jesus diante de Caifás,terminou nas primeiras horas da manhã.Dai Ele foi levado ao palácio do governador romano.Os seus acusadores não entraram porque isso poderia "contaminar a todos",diziam eles,e depois não poderiam comer o cordeiro da Páscoa.Então o governador Pilatos saiu ao encontro deles e perguntou:"Qual é a acusação que vocês fazem contra este homem?"
  Nós não O teríamos prendido se Ele não fosse um criminoso.Ora essa!"Disseram eles.
  Então levem o acusado para ser julgado por vocês mesmos,pelas suas leis disse Pilatos.
  "Mas nós queremos que Ele seja crucificado",disseram eles,e é necessária a sua aprovação.
  Isto cumpriu o que Jesus havia dito a respeito do modo pelo qual morreria.
 
 
 


 

terça-feira, 16 de novembro de 2010

João 18:15-24

                                                          Pedro nega a Jesus

 
Simão Pedro,seguia atrás como fazia um dos discípulos que era conhecido como o supremo sacerdote.Portanto,aquele outro discípulo teve licença de entrar no pátio com Jesus.Enquanto Pedro ficou do lado de fora do portão.Então o outro discípulo falou com a moça que tomava conta do portão,e ela deixou Pedro entrar.A moça perguntou à Pedro:"O senhor não é um dos seguidores de Jesus?"
  "Não",disse ele,"eu não sou!"
  Os policiais e os criados achavam-se ao redor de uma fogueira,que tinham feito,porque fazia frio,e Pedro achava-se ali com eles esquentando-se.

                                                    Anás interroga a Jesus

  Lá dentro o supremo sacerdote começou a fazer perguntas à Jesus a respeito de seus seguidores e o que Ele tinha ensinado a todos.
  Jesus respondeu:"O que Eu ensino é muito conhecido,porque Eu tenho pregado abertamente nas sinagogas e no templo;Eu tenho sido ouvido por todos os lideres judaicos e não ensino em particular nada que não tenha dito em público.Por que o senhor está Me fazendo estas perguntas?Pergunte àqueles que Me ouviram.O senhor tem alguns deles aqui,eles bem sabem o que Eu disse".
  Um dos soldados que estava ali deu um soco em Jesus."Isso é maneira de responder ao supremo sacerdote?"Perguntou ele.
  "Se Eu menti,prove",respondeu Jesus."Você bateria num homem por ele dizer a verdade?"
  Então Anás,mandou Jesus amarrado à Caifás,o supremo sacerdote.
 
                                                     
 

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

João 18:1-14

                         Jesus no Getsêmani

  Depois de dizer estas coisas, Jesus atravessou o riacho de Cedrom com seus discípulos e entrou num bosque de oliveiras.Judas,o traidor,conhecia aquele lugar,pois Jesus havia ido ali com seus discípulos muitas vezes.
  Os sacerdotes principais e os fariseus haviam dado a Judas um pelotão de soldados e policiais.Então,eles chegaram ali com tochas,lanternas e armas.
  Jesus percebeu perfeitamente tudo o que ia acontecer com Ele.Então,avançando ao encontro deles perguntou:"A quem vocês estão procurando?"
  "Jesus de Nazaré",responderam.
  "Sou eu",disse Jesus.E quando Ele lhe disse isto,todos caíram para trás no chão!
  Mias uma vez Ele perguntou:"A quem vocês estão procurando?"
  E outra vez responderam:"Eu disse a Jesus de Nazaré".
  "Eu disse que Sou Eu",disse Jesus;e já que é atrás de Mim que vocês vieram,deixem estes outros irem embora."
  Ele fez isto para cumprir a profecia que Ele mesmo tinha acabado de fazer:"Eu não perdi,nem um só daqueles que o Senhor Me deu..."
  Nisso Simão Pedro puxou uma espada e cortou a orelha  de Malco,o criado do Supremo Sacerdote.Mas Jesus disse à Pedro:"Guarde a sua espada.Não vou beber o cálice que o Senhor Me deu?"
 
                               Jesus perante Anás

  Então,a policia judaica com os  soldados e o seu comandante,prenderam e amarraram Jesus.Primeiramente eles O levaram à Anás,sogro de Caifás,o supremo sacerdote daquele ano.Caifás,foi quem disse aos outros lideres judaicos:"Seria melhor que um morresse por todos".
 
 
 

sábado, 13 de novembro de 2010

Lucas 3:23-38

                   Genealogia de Jesus

  Jesus estava com cerca de trinta anos quando começou o seu ministério público.Jesus era conhecido como filho de José.
  O pai de José foi Eli;
  O pai de Eli foi Matã;
  O pai de Matã foi Levi;
  O pai de Levi foi Malqui;
  O pai de Malqui foi Janai;
  O pai de Janai foi Matatias;
  O pai de Matatias foi Amós;
  O pai de Amós foi Naum;
  O pai de Naum foi Esli;
  O pai de Esli foi Nagai;
  O pai de Nagai foi Maate;
  O pai de Maate foi Matatias;
  O pai de Matatias foi Semei;
  O pai de Semei foi José;
  O pai de José foi Jodá;
  O pai de Jodá foi Jonã;
  O pai de Joanã foi Resá;
  O pai de Resá foi Zorobabel;
  O pai de Zorobabel foi Salatiel;
  O pai de Salatiel foi Neri;
  O pai de Neri foi Melqui;
  O pai de Melqui foi Adi;
  O pai de Adi foi Cosã;
  O pai de Cosã Elmadã;
  O pai de Elmadã foi Er;
  O pai de Er foi Josué;
  O pai de Josué foi Eliézer;
  O pai de Eliézer foi Jorim;
  O pai de Jorim foi Matã;
  O pai de Matã foi Levi;
  O pai de Levi foi Simeão;
  O pai de Simeão foi Judá;
  O pai de Judá foi José;
  O pai de José foi Jonã;
  O pai de Jonã foi Eliaquim;
  O pai de Eliaquim foi Meleá;
  O pai de Meleá foi Mená;
  O pai de Mená foi Matatá;
  O pai de Matatá Natã;
  O pai de Natã foi Davi;
  O pai de Davi foi  Jessé;
  O pai de Jessé foi Obede;
  O pai de Obede foi Boáz;
  O pai de Boáz foi Salá;
  O pai de Salá foi Naassom;
  O pai de Naassom foi Aminadabe;
  O pai de Aminadabe foi Admin;
  O pai de Admin foi Arni;
  O pai de Arni foi Esrom;
  O pai de Esrom foi Farés;
  O pai de Farés foi Judá;
  O pai de Judá foi Jacó;
  O pai de Jacó foi Isaque;
  O pai de Isaque foi Abraão;
  O pai de Abraão foi Terá;
  O pai de terá foi Nacor;
  O pai de Nacor foi Serugue;
  O pai de Serugue foi Ragaú;
  O pai de Ragaú foi Fáleque;
  O pai de fálaque foi Éber;
  O pai de Éber foi Salá;
  O pai de Salá foi Cainã;
  O pai de Cainã foi Arfaxade;
  O pai de Arfaxade foi Sem;
  O pai de Sem foi Noé;
  O pai de Noé foi Lemeque;
  O pai de Lemeque foi  Metusalém;
  O pai de Metusalém foi Enoque;
  O pai de Enoque foi Jarete;
  O pai de Jarete foi Maleleel;
  O pai de Maleleel foi Cainã;
  O pai de Cainã Enos;
  O pai de Enos foi  Sete;
  O pai de Sete Adão;
  O pai de Adão foi Deus!
 

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Lucas 3:15-22

    
               João dá testemunho de Jesus

  Todos estavam esperando que o Messias chegasse em breve,e impacientes para saber se João era ele,ou não.Esta era a questão do momento que se discutia em toda a parte.
  João respondia à pergunta dizendo:
  "Eu batizo com  água,mas em breve,vem alguém com uma autoridade muito maior  do que a minha;de fato,eu não sou digno nem de ser seu escravo.Ele batizará você com fogo - com o Espírito Santo.Ele separará a palha do trigo".João usava muitas advertências assim para anunciar as Boas Novas ao povo.
  (Mas,depois que João criticou publicamente Herodes,governador da Galileia,por ter se casado com Herodias,esposa do próprio irmão dele,e por outras muitas maldades que ele tinha praticado,Herodes prendeu João na cadeia,acrescentando assim,mais este pecado a todos os outros).
 

                        O batismo de Jesus

  Então um dia  o próprio Jesus juntou-se ao povo que era batizado por João.Depois que Ele foi batizado,e estava orando,os céus se abriram,o Espírito Santo desceu sobre Ele,na forma de uma pomba,e uma voz do céu disse:
  "Você é meu Filho muito amado.Sim,o meu prazer".

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Lucas 3:1-14

               A pregação de João Batista

  No décimo quinto ano do Imperador Tibério César,veio uma mensagem de Deus a João(o filho de Zacarias),enquanto ele estava vivendo afastado no deserto(Pilatos era governador da Judeia,naquele tempo;Herodes reinava na Galileia,Felipe,irmão dele reinava na Ituréia,Lisânias reinava em Abilene;Anás e Caifás eram os supremos sacerdotes judaicos.)Então João ia de lugar em lugar,em ambos os lados do rio Jordão,pregando que as pessoas deviam batizar-se para mostrar que haviam se voltado para Deus e abandonado os seus pecados,a fim de serem perdoadas.
  Nas palavras do profeta Isaías,João,era uma "voz clamando no deserto:'Preparem o caminho para o Senhor!Alarguem a estrada adiante dEle!Nivelem as montanhas encham os vales!Endireitem as curvas!Aterrem os buracos!Então a humanidade toda verá o Salvador mandado por Deus."
  Esta é a amostra da pregação de João às multidões que vinham para o batismo."Filhos de serpentes!Vocês estão procurando escapar do inferno sem voltar-se verdadeiramente para Deus!É por isso que estão querendo batizar-se!
  Primeiramente vão ,e provem pela ,maneira de viver,que vocês realmente se arrependeram.E não pensem que estão livres porque são da família de Abraão.Isso não basta.Destas pedras do deserto Deus pode fazer nascer filhos de Abraão!
  O machado do julgamento está suspenso por cima de vocês,pronto para cortar-lhe as raízes e derrubá-los,Sim.Toda a árvore que não dá bom fruto,será derrubada e atirada no fogo."
  A multidão respondeu:"Que quer você que nós façamos?"
  "Se alguém tiver dois casacos",respondeu ele,"dê um aos pobres.Quem tiver comida de sobra,dê àqueles que estão com fome".
  Até os cobradores de impostos  - famosos por sua desonestidade - vieram para ser batizados e perguntaram:
  "Como provaremos à você que já abandonamos os nosso pecados?"
  "Pela sua honestidade "respondeu ele."Vejam,não cobrem mais impostos do que o governo romano exige de vocês."
  "E nós?"perguntaram alguns soldados romanos "como será?"
  João respondeu:"Não arranquem dinheiro com ameaças e nem com violência;não acusem ninguém daquilo que vocês sabem que ele não fez;e contentem-se com o seu salário!"

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Apocalipse 1:1-20

    O título,o autor e o assunto do livro

  Este livro desvenda alguns acontecimentos futuros que brevemente se darão na vida de Jesus Cristo.
  Deus permitiu que Ele numa visão revelasse estas coisas ao seu servo João;e então um anjo foi enviado do céu para explicar o significado da visão.João pôs tudo escrito - as palavras de Deus e de Jesus Cristo e tudo o que ele ouviu e viu.
  Se você ler esta profecia em voz alta para a igreja,receberá do Senhor uma bênção especial.Aqueles que ouvirem a sua leitura e fizerem o que diz,também serão abençoados.Pois está próximo o tempo quando todas estas coisas se cumprirão.
  De:João.
  Para:As Sete Igrejas da Turquia.
  Queridos amigos:
  Que vocês tenham graça a paz de Deus,que é,que era,e que virá!E do Espírito de Sete aspectos que se acha diante do trono dEle;e de Jesus Cristo,que revela fielmente toda a verdade a nós.Ele foi o primeiro a se levantar da morte para não morrer mais.Ele é muitíssimo mais importante do que qualquer rei em toda a terra.Todo o louvor a Ele,que nos ama sempre,e que nos libertou dos nossos pecados ao derramar o seu sangue por nós.
  Ele nos reuniu no seu reino e nos fez sacerdotes de Deus,o seu Pai.A Ele seja dada a glória eterna!Ele reina para sempre!Amém!
  Vejam!Ele vem chegando rodeado de nuvens;e todo o olho O verá - incluindo-se aqueles que O transpassaram.E as nações se lamentarão de tristeza e de terror,quando Ele vier.
  Sim!Amém!Que assim seja!
  "Eu sou o A e o Z,o Principio e o Fim de todas as coisas".Diz Deus que é o Senhor,o Todo-Poderoso,que é,que era,e que virá outra vez!

        A visão de Jesus glorificado

  Eu sou João,irmão de vocês,e companheiro no sofrimento por causa do Senhor,quem está lhes escrevendo esta carta.Eu também tenho participado da perseverança que Jesus concede,e nós participamos do reino dEle!
  Eu estava na Ilha de Patmos,desterrado ali por pregar a palavra de Deus e por contar o que sabia a respeito de Jesus Cristo.Era o Dia do Senhor e eu estava adorando,quando subitamente ouvi uma forte voz atrás de mim.Era a voz que soava como um toque de trombeta,dizendo:"Eu sou o A e o Z,o Primeiro e o Ultimo".Então eu O ouvi dizer:"Ponha por escrito tudo o que você vê,e mande a sua carta às Sete Igrejas da Turquia,à igreja de Éfeso,à de Esmirna,e as de Pérgamo.Tiatira,Sardes,Filadélfia e Laodicéia."
  Quando me voltei para ver quem estava falando,ali atrás de mim estavam sete castiçais de ouro.E entre eles achava-se alguém que parecia Jesus,que se chamava a Si mesmo,o Filho do Homem,vestido dum manto comprido,e com o peito atado com uma faixa de ouro.O cabelo dEle era branco como a lã ou a neve,e os olhos penetravam como labaredas de fogo.O pés rebrilhavam como o bronze polido,e a voz ressoava como as ondas da praia.Ele segurava na mão direita sete estrelas e na boca uma afiada espada de dois gumes;e o rosto dEle rebrilhava como a força do sol no esplendor sem nuvens.
  QUANDO EU O VI,CAI AOS PÉS DELE COMO MORTO;PORÉM,ELE PÔS A MÃO DIREITA EM CIMA DE MIM E DISSE:!"NÃO TENHA MEDO!EMBORA EU SEJA O PRIMEIRO E O ULTIMO,O VIVENTE QUE MORREU,E QUE AGORA ESTÁ VIVO PARA SEMPRE,QUE TEM AS CHAVES DO INFERNO E DA MORTE - NÃO TENHA MEDO!
  Ponha por escrito o que você acaba de ver e o que brevemente lhe será mostrado.Este é o significado das sete estrelas que você viu na minha mão direita e dos sete castiçais de ouro.As sete estrelas,são os líderes das sete igrejas,e os sete castiçais,são as próprias igrejas.
 

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Marcos 4:35-41

        Jesus acalma uma tempestade

  Quando caiu a tarde Jesus disse aos seus discípulos:"Vamos atravessar para o outro lado do lago".Então,eles foram,deixando a multidão,(embora outros barcos fossem atrás deles),mas logo se levantou uma terrível tempestade.
  Ondas enormes começaram a rebentar dentro do barco,até que ele ficou quase cheio d'água,prestes a afundar.Jesus estava dormindo na popa do barco com a cabeça numa almofada.Cheios de inquietação,eles O acordaram,bradando:"Mestre,nós estamos quase nos afogando,e o Senhor nem se importa?"
  Então,Ele repreendeu o vento e disse ao mar:"Aquiete-se!"O vento parou e houve uma grande calma!
  Ele perguntou-lhes:"Por que vocês estavam com tanto medo?Vocês ainda não tem confiança nenhuma em Mim?"
  Eles ficaram cheios de espanto e diziam uns para os outros:"Quem é este homem,que até os ventos e as ondas lhe obedecem?"

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Marcos 4:21-34

         A parábola da candeia

  Então Jesus lhes perguntou:"Quando alguém acende uma lâmpada,põe uma caixa em cima para esconder a luz?Claro que não,não se poderia ver,nem utilizar a luz,uma lâmpada coloca-se num pedestal para brilhar e ser útil.
  Tudo quanto está oculto agora,algum dia virá à luz - SE VOCÊS TÊM OUVIDOS APROVEITEM PARA OUVIR AGORA!MAS TENHAM CUIDADO  PARA PÔR EM PRÁTICA O QUE OUVEM.QUANTO MAIS VOCÊS FIZEREM ISTO,MAIS ENTENDERÃO O QUE LHES DIGO.
  AQUELE QUE TEM RECEBERÁ;DAQUELE QUE NÃO TEM;SERÁ TIRADO O POUCO QUE TIVER.
 
       A parábola da semente

  Esta é uma outra história para se ilustrar com o que o Reino de Deus se parece.
  Um lavrador semeou o seu campo,e foi embora,quando os dias se passavam as sementes cresceram sem a ajuda dele,pois a terra fez as sementes crescerem,primeiro uma folha abriu caminho,depois as espigas de trigo se formaram,e finalmente o grão amadureceu nas espigas.Então o lavrador veio imediatamente com a foice e o colheu."

  A parábola do grão de mostarda

  Jesus perguntou:"Como é que Eu posso descrever o Reino de Deus?Que história usarei como ilustração?
  É como uma semente de mostarda!
  Embora esta seja uma das sementes mais pequeninas,ainda assim,cresce até tornar-se uma das maiores plantas,com ramos grandes,onde as aves podem fazer seus ninhos e abrigar-se."

  Porque Jesus falou por parábolas

  Ele usava muitas ilustrações assim para ensinar o povo,conforme eles estavam em condições de entender.Alias,ao público ele só ensinava por meio de ilustrações,mas depois,quando Ele estava sozinho com os seus discípulos,Ele lhes explicava o que queria dizer.

sábado, 6 de novembro de 2010

Marcos 4:1-20

                                A Parábola do semeador

  Mais uma vez,uma enorme multidão juntou-se na praia ao redor de Jesu quando Ele estava ensinando,de tal maneira que Ele entrou num barco,sentou-se e falava dali.Seu método costumeiro de ensinar era contar histórias ao povo,uma delas era esta:
  "Ouçam!Um lavrador resolveu semear um pouco de grão.Enquanto ele espalhava pelo campo,uma parte da semente caiu no caminho;as aves vieram,apanharam do chão duro e comeram.
  Uma parte caiu em solo raso,com as pedras por baixo.Cresceu muito depressa,mas logo murchou debaixo do sol quente,e morreu,porque as raízes não tinham alimentação.Outras sementes caíram entre espinhos,que cresceram depressa e sufocaram as plantas tenras,de modo que não produziram nenhum grão.Mas algumas das sementes cairam em terra boa e deram 30
vezes o que havia plantado - algumas até 60 ou 100 vezes.Se vocês tem ouvidos,ouçam!"

           A explicação da parábola

  Depois disso,quando Ele estava sozinhos com os Doze e com os outros seus discípulos,eles lhes perguntaram:"Que significa aquela história que contou?"
  Ele respondeu:"À vocês é permitido saber a respeito do Reino de Deus,algumas verdades que os que estão fora do Reino não podem entender.Como diz o profeta Isaías:
  "EMBORA ELES VEJAM E OUÇAM,NÃO ENTENDERÃO,NEM SE VOLTARÃO PARA DEUS,NEM SERÃO PERDOADOS PELOS SEUS PECADOS.'
  Mas se vocês não podem entender esta ilustração simples,que farão com todas as outras que Eu vou contar?O LAVRADOR SOBRE O QUAL FALEI É QUALQUER UM QUE LEVA A MENSAGEM DE DEUS,AOS OUTROS TENTANDO PLANTAR A BOA SEMENTE NA VIDA DELES.O caminho duro onde um pouco da semente caiu,representa o coração duro de alguns daqueles que ouvem a mensagem de Deus,Satanás vem imediatamente procurar fazer com que esqueçam tudo.A terra pedregosa representa o coração daqueles que ouvem a mensagem com alegria.Mas tal como as plantas tenras num solo assim,as raízes deles não vão muito fundo,e embora a princípio andem bem,logo que começa a perseguição,eles murcham.
  A terra espinhosa representa o coração das pessoas,que ouvem as boas novas e a recebem.Porém,bem depressa chegam as atrações deste mundo,e as delicias da riqueza,a busca do êxito,a sedução de coisas boas,e sufocam a mensagem de Deus no coração delas,de modo que não dão fruto nenhum.
  Mas a terra boa representa o coração daqueles que verdadeiramente aceitam a mensagem divina e dão uma colheita abundante para Deus - 30,60 ou até 100 vezes tanto quanto foi plantado no coração deles".
 

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Atos 28:23-31

           Paulo prega em Roma

  Assim foi que eles marcaram uma ocasião,e naquele dia um grande número de judeus veio à casa dele,Paulo falou-lhes do Reino de Deus e ensinou-lhes a respeito de Jesus,usando as Escrituras - os cinco livros de Moisés e o Livro da Profecia.
  Ele começou a conferência de manhã e prosseguiu até a noite!
  Alguns creram,e outros não.Mas depois que eles tinham discutido contra e a favor entre si,retiraram-se com esta palavra final de Paulo,ressoando nos ouvidos deles:
  "O Espírito Santo estava certo quando disse por meio do profeta Isaías.
  'Digam aos judeus:"Vocês ouvirão,verão,mas não entenderão,porque o coração de vocês está duro demais e os ouvidos não ouvem;vocês fecharam os olhos contra o entendimento,porque não querem ver,ouvir,entender,e voltar-se para mim,a fim de que eu cure vocês".
  Portanto,eu quero que vocês entendam que esta salvação vinda de Deus vai ser pregada aos estrangeiros,e eles aceitarão a mensagem."

  Paulo prisioneiro durante dois anos

  Paulo morou durante dois anos na casa que alugou,e recebia a todos que iam visitá-lo.Falando à eles com toda a coragem a respeito do Reino de Deus e do Senhor Jesus Cristo;e tinha toda a liberdade para fazer assim.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Atos 28:11-22

     A continuação da viagem
  Passaram-se três meses depois do naufrágio,antes de nos fazermos ao mar novamente,e desta vez fomos no "Irmãos Gêmeos",um navio que vinha de Alexandria,e tinha passado o inverno na ilha.Nossa primeira escala foi em Siracusa,onde permanecemos três dias.
  Dali rodeamos até Régio;um dia após um vento sul começou a soprar,e por isso no dia seguinte,chegamos a Poteóli,onde encontramos alguns crentes!Eles nos pediram que ficássemos com eles sete dias.Depois navegamos para Roma.
  Os irmãos de Roma tinham sabido que estávamos chegando,e vieram encontrar-se conosco no Fórum da Via Ápia.
  Outros se reuniram a nós nas Três Vendas.Quando Paulo os viu,deu graças a Deus e sentiu-se animado.

              Paulo em Roma

  Ao chegarmos a Roma,Paulo teve permissão de morar onde quisesse,embora guardado por um soldado.Três dias depois da chegada dele,convocou os lideres judaicos do lugar e falou o seguinte:
  "Irmãos,eu fui preso pelos judeus de Jerusalém e entregue ao governo romano para ser processado,embora não tenha causado prejuízo a ninguém,nem desobedecido aos costumes dos nossos antepassados.Os romanos me julgaram e queriam soltar-me,porque não acharam causa para a sentença de morte exigida pelos lideres judaicos.Mas quando os judeus protestaram contra a decisão,eu achei necessário,sem nenhuma intenção de prejudicar os da minha nação,apelar para César.Pedi à vocês que viessem aqui hoje  para que nós pudéssemos nos conhecer e pudesse contar-lhes que é porque eu creio que o Messias já veio que estou preso com esta corrente".
  Eles responderam:"Nós não temos ouvido nada contra você!Não temos tido cartas da Judeia, nem informação daqueles que chegam de Jerusalém.Mas queremos saber o que você crê,porque a única coisa que sabemos a respeito destes cristãos é que eles são combatidos em toda parte!"

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Atos 28:1-10

             A Ilha de Malta

  Chegando todos com vida,logo soubemos que estávamos na Ilha de Malta.O povo da ilha foi muito bondoso conosco,e fez uma fogueira na praia para nos aquecer do frio,e ainda nos agasalharam contra a chuva.
  Enquanto Paulo estava juntando uma braçada de gravetos para pôr no fogo,uma cobra venenosa, que fugia do calor,prendeu-se na mão dele!O povo da ilha viu a cobra pendurada na mão de Paulo e diziam uns aos outros:"Sem dúvida ele é um assassino!Embora escapasse do mar,a justiça não deixará que ele viva!"
  Mas Paulo sacudiu a cobra no fogo e não sofreu nada de mal.O povo esperava que ele começasse a inchar ou caísse morto de repente;mas depois que esperaram muito tempo e não aconteceu nada,mudaram de opinião e concluíram que ele era um deus.

           Públio hospeda a Paulo

  Perto da praia onde descemos havia uma fazenda de propriedade de Públio,governador da ilha.Ele nos recebeu com educação e nos deu comida durante três dias.Aconteceu que o pai de Públio estava doente de febre e desinteria.Paulo,então orou por ele,pôs as mãos sobre a sua cabeça,e ele foi curado!Então todos os outros doentes da ilha sabendo do milagre,vieram e foram curados.Como resultado ganhamos muitos presentes,q quando chegou o tempo de partirmos,o povo pôs a bordo toda espécie de coisas que precisávamos para a viagem.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

2 Coríntios 12:14-21

        Paulo deseja visitá-los

  Agora,irei vê-los novamente,pela terceira vez;e ainda não lhes custará coisa alguma,pois não quero o seu dinheiro.
  Quero sim,vocês!E,seja como for,vocês são meus filhos,e as criancinhas não pagam a comida do pai e da mãe - é justamente o contrário;os pais é que provêem a comida para os seus filhos.
  Sinto-me feliz em dar-me a mim mesmo à vocês e também tudo o que tenho para o seu bem espiritual,embora pareça que quanto mais  os amo,menos vocês me amam.
  Alguns de vocês estarão dizendo:"É verdade que as nossas visitas não pareciam nos custar nada,mas esse Paulo é um sujeito astuto;e nos embrulhou.É mais do que certo que,de qualquer jeito,ele deve ter arrancado algum dinheiro de nós."
  Mas como?Alguns dos homens que lhes enviei tirou algum proveito material de vocês?Quando supliquei à Tito que os visitasse,e enviei com ele outro irmão nosso,eles tiraram algum proveito disso?Não,naturalmente que não.Porque nós temos o mesmo Espírito Santo e andamos nos passos um do outro,fazendo as coisas do mesmo modo.

  Paulo apela para o juiz de todos

  Supondo que eu estou dizendo tudo isto a fim de cair de novo em suas boas graças.Absolutamente,não se trata disso.Digo-lhes diante de Deus que está me ouvindo enquanto falo,que eu disse isso para ajudar a vocês,queridos amigos - para edificá-los espiritualmente e não para ajudar a mim mesmo.Tenho receio de que quando for visitá-los não vá gostar daquilo que encontrar,e vocês não vão gostar do modo pelo qual eu terei de agir.Receio que os encontre em desavenças,invejando uns aos outros,cochichando pelas costas uns dos outros,e cheios de presunção e discórdia.Sim,tenho receio,de que quando for,Deus me humilhe diante de vocês e eu fique triste e pesaroso porque muitos de vocês pecaram e nem se importam com as coisas vis e indecentes que têm praticado:a impureza,a imoralidade,e a sedução das mulheres de outros homens.

De todo o coração suplico a Tua graça; tem misericórdia de mim, conforme a Tua promessa. ( Salmos 119:58)