quinta-feira, 9 de junho de 2011

Lucas 5:12-16

                  A cura de um leproso

  Um dia,em uma certa aldeia que ele estava visitando,havia um homem com um sério caso de lepra.Quando ele viu Jesus,caiu ao chão diante dEle com o rosto em terra,suplicando que o curasse.
  "Senhor",dizia ele,"se tão somente quiser,o Senhor poderá limpar-me de qualquer vestígio da minha doença".
  Jesus estendeu a mão,tocou no homem e disse:
  "Claro que Eu quero.Seja curado!".E a lepra o deixou no mesmo instante!Então Jesus ordenou-lhe que fosse imediatamente,sem contar a ninguém o que havia acontecido,para ser examinado pelo sacerdote judaico."Vá oferecer o sacrifício que a lei de Moisés exige dos leprosos que são curados",disse Ele."Isto provará a todo o mundo que está bom".Ora a noticia do seu poder espalho-se mais e mais,enormes multidões vinham ouvi-lo pregar,e também para serem curadas de suas doenças.Porém Ele muitas vezes se afastava para lugares desertos,a fim de orar.

 

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Lucas 5:1-11

                       A pesca maravilhosa

  Um dia quando Ele pregava na praia do lago Genesaré,grandes multidões estavam perto dEle para ouvir a palavra de Deus.Ele notou que se achavam na beira d'água dois barcos desocupados,enquanto os pescadores lavavam as redes.Entrando num dos barcos Jesus pediu à Simão,seu dono,que o empurrasse um pouco para dentro d'água,a fim de que Ele pudesse sentar-se no barco e dali falar ao povo.
  Quando acabou de falar,Jesus disse à Simão:"Agora saiam mais para o fundo e lancem as redes,que vocês vão pegar muitos peixes!"
  "Senhor!"Respondeu Simão,"nós trabalhamos durante a noite toda e não pegamos nada.Porém,se o Senhor diz assim,vamos tentar novamente"
  E desta vez as redes ficaram tão cheias que começaram a romper-se!Um grito de auxilio trouxe os companheiros deles ao outro barco e em breve os dois barcos estavam tão cheios de peixes,que quase afundaram.
  Quando Simão Pedro,percebeu o que havia acontecido,caiu de joelhos diante de Jesus e disse:"Ó Senhor,deixe-nos,por favor - eu sou pescador demais para andar ao seu lado".Pois ele assustou-se demais com o tamanho da pescaria,como também os outros que estavam com ele,inclusive seus sócios -Tiago e João,filhos de Zebedeu.Jesus respondeu:
  "Não se preocupe!De agora em diante,você estará pescando as almas dos homens!"
 

terça-feira, 7 de junho de 2011

Lucas 4:42-44

             Jesus cura muitos enfermos

  No outro dia de manhã cedo Ele saia a um lugar deserto.O povo o procurava por toda a parte,e quando finalmente O encontraram,pediram-Lhe que não os deixasse,mas que ficasse em Cafarnaum.
  Porém,Ele respondeu:"Eu preciso pregar a Boa Nova do Reino de Deus em outros lugares também,porque foi para isto que Eu fui enviado".Por isso Ele continuou a viajar dum lado para outro,pregando nas sinagogas de toda a Judeia.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Lucas 4:40-41

                      Muitas outras curas

  Quando o sol se pôs naquela tarde,toda pessoa que tivesse algum doente em casa,o levava a Jesus;e o toque das suas mãos curava a todos!Alguns estavam dominados por demônios,e os demônios diante da sua ordem,saiam gritando:"O Senhor é o Filho de Deus".Mas porque sabiam que Ele era o Cristo,Ele os fazia parar,e lhes dizia que ficassem calados.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Lucas 4:38-39

               A cura da sogra de Pedro

  Depois de deixar a sinagoga,naquele dia,Ele foi para a casa de Simão,onde encontrou a sogra de Simão,muito doente,com febre alta."Tenha a bondade de curá-la "suplicavam todos.
  Chegando ao lado dela,Ele falou à febre,repreendendo-a,e imediatamente sua temperatura voltou ao normal;ela se levantou e preparou a comida para eles!

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Lucas 4:31-37

            A cura de um endemoninhado
                          em Cafarnaum

  Depois voltou para Cafarnaum,cidade da Galileia,e pregava nas sinagogas todos os sábados.Ali também o povo estava admirado com as coisas que Ele dizia.Por que falava como quem conhecia a verdade,em lugar de simplesmente citar opiniões dos outros como sua fonte de autoridade.
  Uma vez quando Ele estava ensinando na sinagoga,um homem dominado por demônio começou a gritar para Jesus:
  "Vá embora,nós não queremos nada com você,Jesus de Nazaré,o Senhor veio para nos destruir eu sei quem é - o Santo Filho de Deus!"
  Jesus o fez parar."Cale-se!"Disse Ele ao demônio."Saia!"O demônio jogou o homem no chão à vista da multidão,e depois deixou-lhes,sem fazer mais nenhum mal.
  Admirado,o povo perguntava:"Que há nas palavras deste homem,que até os demônios Lhe obedecem?"
  A história do que Ele havia feito,espalhou-se rapidamente por toda a região.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Lucas 4:16-30

                   Jesus prega em Nazaré
                     É rejeitado pelos seus

  Estando na aldeia de Nazaré,terra da sua infância,como de costume Ele foi à sinagoga na sábado.Se levantou para ler as Escrituras.Entregaram-Lhe o livro do profeta Isaías,que abriu no lugar onde diz:
  "O ESPÍRITO DO SENHOR ESTÁ SOBRE MIM.ELE ME NOMEOU PARA PREGAR A BOA NOVA AOS POBRES;MANDOU-ME ANUNCIAR QUE OS PRESOS SERÃO LIBERTADOS E OS CEGOS VERÃO;QUE OS OPRIMIDOS SERÃO LIBERTADOS DOS SEUS OPRESSORES,E QUE DEUS ESTÁ PRONTO A ABENÇOAR TODOS AQUELES QUE VÊM A ELE."
  Jesus fechou o livro,devolveu-o ao assistente e sentou-se,enquanto todo o mundo na sinagoga olhava atentamente para Ele.Então Ele acrescentou:"Estas Escrituras cumpriram-se hoje!"
  Todos os que se achavam ali falavam bem dEle e estavam admirados com as palavras bonitas que saiam de seus lábios."Como pode ser isto?"Perguntavam eles."Este não é o filho de José?"
  Então Ele disse:"Provavelmente vocês citarão para Mim aquele provérbio:
  'Médico,cure-se a si mesmo' - significando:'Por que você não opera aqui,na sua própria cidade,milagres iguais aqueles que fez em Cafarnaum?"Porém,Eu lhes afirmo que de fato,nenhum profeta é aceito em sua própria cidade!Por exemplo,lembram-se de como o profeta Elias fez uso de um milagre para socorrer a viúva de Sarepta - uma estrangeira da terra de Sidon.Havia muitas viúvas judias precisando de ajuda naqueles dias de crise,porque por três anos e meio não tinha chovido,e a fome espalhava-se pela terra;todavia,Elias,não foi enviado à elas.Ou pensem no profeta Eliseu,que curou Naamã,o sirio,e deixou os muitos judeus leprosos que necessitavam de socorro".
  Estas observações provocaram a ira de todos os que estavam na Sinagoga.
  Levantando-se amotinaram-se contra Jesus,e O levaram à encosta do monte sobre o qual a cidade estava construída,para empurrá-lo no precipício.Porém Ele passou por entre a multidão e os deixou.
 

Pois o salário do pecado é a morte, mas o Dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor. ( Romanos 6:23)