terça-feira, 29 de novembro de 2011

Lucas 21:7-19

                    O principio das dores

  "Mestre!"Disseram eles."Quando?E haverá algum aviso antes dessa hora?
  Ele respondeu:"Não deixem que ninguém engane vocês.Porque virão muitos dizendo que são o Messias,que chegou a hora,mas não vão atrás deles!E quando vocês ouvirem o começo de guerras e revoluções,não tenham medo.è certo que devem vir as guerras,mas o fim não será logo em seguida,porque se levantará nação contra nação,e reino contra reino,e haverá grandes terremotos,fome e epidemia de doenças em muitas terras,e coisas terríveis com grandes sinais acontecerá nos céus.
  Porém,antes de tudo isso haverá um tempo de tremenda perseguição,e por causa do Meu nome,vocês serão arrastados para os templos e prisões,levados diante de reis e governadores.Porém como resultado,o Messias será grandemente conhecido e respeitado.PORTANTO,NÃO SE PREOCUPEM NA MANEIRA DE COMO RESPONDER AS ACUSAÇÕES CONTRA VOCÊS.
  PORQUE EU LHES DAREI AS PALAVRAS ADEQUADAS E UMA TAL SABEDORIA,QUE NENHUM DOS SEUS INIMIGOS SERÁ CAPAZ DE RESPONDER!ATÉ AQUELES QUE SÃO MAIS CHEGADOS A VOCÊS - SEUS PAIS,IRMÃOS,PARENTES E AMIGOS - TRAIRÃO VOCÊS MANDANDO-OS PRENDER;E ALGUNS DE VOCÊS SERÃO MORTOS,e todo mundo odiará vocês,porque vocês são meus,e são chamados pelo meu nome.PORÉM NÃO SE PERDERÁ NENHUM FIO DE CABELO DE SUAS CABEÇAS!E SE VOCÊS FICAREM FIRMES GANHARÃO AS SUAS ALMAS!"
 

 

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Lucas 21:5-6

                 A destruição do templo

  Alguns discípulos começaram a falar das belas pedras do templo e dos enfeites das paredes.
  Mas Jesus disse:"Está chegando o momento em que todas estas coisas que vocês estão admirando serão derrubadas,e não será deixado pedra sobre pedra,tudo se transformará em um enorme monte de lixo".

sábado, 26 de novembro de 2011

Lucas 21:1-4

                   A oferta da viúva pobre

  Quando Jesus estava no templo,observava os ricos colocarem suas ofertas na caixa de ofertas.Foi quando uma viúva pobre pôs somente duas moedinhas de cobre.
  "Realmente"comentou Ele,"esta viúva pobre deu mais do que todos os outros juntos.Pois eles deram um pouco do que não precisam,porém,ela pobre como é,deu tudo o que tem".
 

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Lucas 20:45-47

                     Jesus censura os escribas

  Então,com o povo ouvindo,Ele voltou-se para seus discípulos e disse:
  "Cuidado com estes estudiosos de religião,porque eles gostam de andar com roupas caras,e querem que o povo se curve diante deles quando caminham pelas ruas.E como gostam dos lugares de honra nos templos e nas festas religiosas!
  Porém,no mesmo momento em que eles estão fazendo longas orações para o povo escutar,e procurando mostrar grande bondade,estão fazendo planos para roubar as propriedades das viúvas.Portanto está reservado para estes homens o mais duro castigo de Deus".

 

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Lucas 20:41-44

                   Cristo,o filho de Davi

  Então Ele fez a eles uma pergunta:  "Como é isso,que dizem que o Cristo,o Messias,é descendente do rei Davi?"
  Pois o próprio Davi escreveu no Livro dos Salmos:'Deus disse ao meu Senhor,o Messias,:'Senhor,sente-se a minha direita até que eu ponha os seus inimigos debaixo dos seus pés"'.Como pode ao mesmo tempo,ser filho de Davi e Deus de Davi?"

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Lucas 20:27-40

              Os saduceus e a ressurreição

  Então alguns saduceus - homens que acreditavam que a morte é o fim da existência,e que não há ressurreição - vieram a Jesus com essa pergunta:
  "As Leis de Moisés declara,que se um homem morrer sem filhos,o irmão dele se casará com a viúva e os filhos deles legalmente pertencerão ao morto,para manter o seu nome.Nós conhecemos uma família de sete irmãos.O mais velho casou-se e logo morreu sem deixar filhos.O irmão dele casou com a viúva,mas ele também morreu,nada de filhos ainda,e assim foi,um após outro,até que cada um dos sete se havia casado com ela e morrido,não deixando filhos,finalmente morreu também a mulher.Agora,esta é a nossa pergunta:'De quem ela será esposa na ressurreição?Pois todos eles foram casados com ela!"
  Jesus respondeu:"O casamento é para pessoas aqui na terra.Mas quando chegarem ao céu,os que são dignos de alcançar a ressurreição e a vida futura,não se casaram.E não morrerão nunca mais;neste aspecto serão como os anjos,e serão filhos de Deus,porque serão levantados do meio dos mortos para uma vida nova.
  Mas quanto a verdadeira pergunta de vocês - se há ou não ressurreição,ora até os escritos do próprio Moisés,provam isso.Pois quando descreve como Deus lhe aparece na sarça ardente,ele fala de Deus como'o Deus de Abraão,o Deus de Isaque,e o Deus de Jacó'.Disser que o Senhor é Deus de alguma pessoa,significa que aquela pessoa está viva,e não morta!Portanto do ponto de vista de Deus,todos os homens estão vivos".
  "Bem respondido,Senhor!"Afirmaram alguns estudiosos das leis dos judeus,que estavam ali.E aquilo acabou com as perguntas deles,porque não tiveram coragem de perguntar mais nada!

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Lucas 20:19-26

                    A questão do tributo

  Quando os sacerdotes principais e os lideres religiosos ouviram dessa história que Ele havia contado,quiseram prende-LO imediatamente,porque entenderam que era deles que estava falando.
  Eles eram os maus lavradores.Porém tiveram medo de que houvesse uma revolta do povo se O prendessem.
  Então,esperavam que Ele dissesse alguma coisa que pudesse ser denunciada ao governador como razão para que este O prendesse.Assim mandaram agentes secretos fingindo ser homens,sinceros.Estes disseram à Jesus:"Senhor,nós sabemos que o Senhor é um Mestre sincero,fala sempre o que é certo e não se afasta nem um milímetro da verdade,por causa do que os outros pensam,mas ensina os caminhos de Deus.Agora,diga-nos - esta certo pagar imposto ao governador romano,ou não?"
  Jesus percebeu o fingimento dele e disse:"Mostrem-Me uma moeda.De quem é este retrato que está nela?E de quem é o nome?"
  Eles responderam:"De César,imperador romano".
  Ele disse:"Então entreguem ao imperador o que é dele - e a Deus o que é de Deus!"
  Assim falhou a tentativa de confundir Jesus diante do povo;maravilhados da resposta dEle,ficaram calados.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Lucas 20:9-18

           A parábola dos lavradores maus

  Então Ele voltou-se outra vez  para o povo e contou-lhes esta história:"Um homem plantou uma vinha,arrendou-a a uns lavradores ,e foi embora para uma terra distante,a fim de morar ali alguns anos.Quando chegou a época da colheita,ele mandou um  de seus homens à propriedade,para receber a sua parte das colheitas.Mas os lavradores bateram nele e o mandaram de volta de mãos vazias.Então ele mandou um outro e aconteceu a mesma coisa,ele foi ferido e expulso de lá.
  "Que vou fazer,perguntava o dono a si mesmo."Já sei,enviarei o meu filho querido,certamente eles mostrarão respeito por ele".
  Mas quando os lavradores viram o filho,disseram:"Esta é a nossa hora.Este rapaz herdará toda a terra quando o pai morrer.Vamos!Vamos matá-lo,e assim tudo será nosso,então eles arrastaram o rapaz para fora da vinha e o mataram".
  "Que acham que este dono da vinha fará?Eu lhes direi - Ele virá e os matará,e dará a vinha para outros" - Mas eles nunca fariam uma coisa dessas", disseram os ouvintes.

sábado, 19 de novembro de 2011

Lucas 20:1-8

    A autoridade de Jesus e o batismo de João

  Naqueles dias quando Ele estava pregando e ensinando as Boas Novas no Templo,foi interrogado pelos sacerdotes principais e outros lideres religiosos,além de membros do Conselho.Eles queriam saber com que autoridade que Ele havia expulsado os comerciantes do Templo.
  Antes de responder,"Eu lhes farei uma pergunta",respondeu Jesus.
  "João foi enviado por Deus,ou estava agindo pela sua própria autoridade?"
  Eles conversaram entre si:"Se dissermos que a mensagem dele era do céu,caímos na armadilha,porque Ele perguntará:Porque vocês não creram nele?".Mas se dissermos que João não foi enviado por Deus,o povo nos apedrejará,porque todos estão convencidos de que ele era profeta".Finalmente eles responderam,'nós não sabemos!"
  E Jesus respondeu:"Nesse caso Eu também não responderei a pergunta de vocês!"

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Lucas 19:47-48

             O Mestre ensina no Templo

  Depois disso,Ele ensinava todos os dias no Templo,mas os sacerdotes principais,os outros lideres religiosos,e os homens importantes,estavam procurando um jeito de livrar-se dEle.Porém não podiam imaginar nenhum,porque Ele era um herói para o povo,que dava ouvidos a cada palavra que Ele dizia.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Lucas 19:45-46

                   A purificação do templo

Depois,entrou no templo,e expulsou os que ali vendiam.
  A minha casa será casa de oração.
  Mas vós a transformastes em covil de salteadores.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Lucas 18:41-44

           Jesus chora à vista de Jerusalém

  Mas quando chegaram mais perto de Jerusalém e Ele viu a cidade lá adiante,começou a chorar."A paz eterna esteve ao seu alcance,ó Jerusalém,mas estas coisas agora estão ocultas aos seus olhos.
  Os seus inimigos amontoarão terra contra seus muros,e cercarão e cerrarão fileiras contra você.Arrastarão tudo e esmagarão seus filhos dentro de você,Jerusalém.E não deixarão pedra sobre pedra,porque você não aceitou a oportunidade que Deus lhe ofereceu".

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Lucas 19:28-40

    A entrada triunfal de Jesus em Jerusalém

  Depois de contar esta história,Jesus continuou a viajem para Jerusalém,caminhando na frente de seus discípulos.Quando chegaram nos lugares de Betfagé e Betania no Monte das Oliveiras,Ele mandou dois discípulos na frente,com instruções de irem na aldeia próxima e ao entrar procurarem um jumento amarrado ao lado da estrada,e que nunca tinha sido montado.
  Mandou que desamarrassem e levassem o animal a Ele.E se alguém perguntar o que vocês estão fazendo,digam apenas "O Senhor precisa dele".
  Eles encontraram o jumentinho como Jesus tinha dito.E na verdade,quando eles estavam desamarrando,os donos exigiram uma explicação.
  "Que estão fazendo?"Perguntaram:"Por que vocês estão desamarrando o nosso jumentinho?"
  Os discípulos simplesmente responderam:"O Senhor precisa dele!"Assim eles trouxeram o jumentinho a Jesus e lançaram uma parte das suas roupas em cima do lombo para Jesus montar.
  Então o povo espalhou seus,mantos pela estrada adiante dEle quando começaram a descer do Monte das Oliveiras,a multidão gritava e cantava enquanto caminhavam,louvando a Deus por todos os maravilhosos milagres que Jesus havia feito.
  Diziam:"Deus nos deu um rei!"exultavam eles."Viva o Rei!Que o céu inteiro se alegre!Glória a Deus nos mais altos céus!"
  Mas alguns dos fariseus diziam:"Senhor,chame a atenção dos seus seguidores para que não digam estas coisas!"
  Ele respondeu:"SE ELES FICAREM CALADOS,AS PEDRAS DA ESTRADA GRITARÃO!"

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Lucas 19:11-27

                  A parábola das dez minas

  Porque Jesus estava se aproximando de Jerusalém,contou uma história para corrigir a história de que o Reino de Deus estava para começar logo.
  Um homem nobre que morava em certa província foi chamado a distante capital do império para se coroado rei da sua província.Antes de partir,ele reuniu dez auxiliares e deu a cada um deles certa quantia em dinheiro,para empregarem enquanto ele estivesse ausente.Mas alguns do seu povo o odiavam,enviaram uma declaração de independência dizendo que haviam se revoltaram e não o reconheciam como o seu rei.
  Ao voltar, ele chamou os homens a quem tinha dado o dinheiro,para saber o que haviam feito com ele,e quais haviam sido os lucros.
  O primeiro conseguiu um lucro enorme - dez vezes mais a quantidade recebida!
  'Ótimo!'Exclamou o rei.Você é um servo eficiente.Foi fiel no pouco que lhe confiei,e como recompensa,será governador de dez cidades'.
  O servo seguinte também conseguiu um lucro excelente - cinco vezes a quantia recebida.
  'Muito bem!' disse o seu patrão.'Você pode ser governador de cinco cidades'.
  Mas o terceiro cervo trouxe de volta apenas o dinheiro com que havia começado.'Eu o guardei bem seguro',disse ele,'porque fiquei com medo do Senhor,que é um homem duro de se tratar,tirando o que não é seu e até tomando a colheita que os outros plantam!'Seu servo mau e ruim',gritou o rei.'Duro,eu?Pois é exatamente vou ser com você!Se você sabia tanto a meu respeito e como sou violento,então porque não depositou o dinheiro no bando,para que pelo menos eu ganhasse algum juro com ele?'
  Assim,pois voltando-se para os outros que se achavam ali,mandou:'Tomem o dinheiro dele e dêem ao homem que ganhou mais'.
  'Mas,senhor',disseram,'ele já tem muito!'
  'Sim',respondeu o rei,'mas sempre foi verdadeiro que aquele que tem ganho mais,e aquele que tem pouco,em breve,perdem até isso.E agora,quanto a estes meus inimigo que se revoltaram, tragam todos aqui para que sejam mortos na minha presença"'.
 
 
 

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Lucas 19:1-10

                        Zaqueu,o publicano

  Quando Jesus estava passando por Jericó,um homem chamado Zaqueu,um dos judeus mais influentes no negócio de cobrança de impostos dos humanos(e naturalmente um homem muito rico),procurava ver quem era Jesus,porém,era muito baixo e não podia olhar por cima do povo.Por isso ele correu na frente e subiu num pé de sicômoro ao lado da estrada para ver dali.
  Quando Jesus chegou,levantou o olhar para Zaqueu e o chamou pelo nome!"Zaqueu"disse Ele."Depressa!Desça dai,pois hoje vou hospedar-me em sua casa!"
  Zaqueu desceu depressa e levou Jesus para sua casa,com grande emoção e alegria.
  Mas o povo se queixava:"Ele foi se hospedar bem com um pecador tão conhecido",falavam em voz baixa.
  Nisto Zaqueu levantou-se diante do Senhor e disse:"Senhor,de agora em diante eu darei metade da minha riqueza aos pobres e se descobrir que cobrei demais os impostos de alguém eu pagarei uma multa devolvendo-lha quatro vezes mais!"
  Jesus disse-lhe:"ISSO MOSTRA QUE HOJE A SALVAÇÃO CHEGOU A ESTA CASA.ESTE HOMEM ERA UM DOS FILHOS PERDIDOS DE ABRAÃO,E EU O MESSIAS,VIM BUSCAR E SALVAR ALMAS COMO A DELE".

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Lucas 18:35-43

              A cura do cego de Jericó

  Quando se aproximavam de Jericó,um cego estava sentado a beira da estrada,pedindo esmola.Ouvindo o barulho de uma multidão passando,perguntou o que estava acontecendo.
  Disseram-lhe que Jesus de Nazaré estava passando.Então ele começou a clamar:"Jesus,Filho de Davi,tenha misericórdia de mim!"
  O povo que ia na frente de Jesus tentou fazer o homem ficar quieto,mas não adiantou,ele gritava ainda mais alto:
  "Filho de Davi,tenha misericórdia de mim!"
  Quando Jesus chegou ao local,parou."Tragam o cego aqui "disse Ele.
  Então Jesus perguntou ao homem:"Que quer você?"
  "Senhor"suplicou ele,"eu quero ver!"
  E Jesus disse:"Está bem,comece a ver!Sua fé curou você!"
  Imediatamente o homem pôde enxergar,e seguia a Jesus louvando a Deus.E todos os que viram isto acontecer,também louvavam a Deus.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Lucas 18:31-34

          Jesus outra vez prediz a sua morte
                           e ressurreição

  Reunindo os doze,ao seu redor,Jesus disse-lhes:"Como vocês sabem,nós vamos para Jerusalém.E ao chegar lá,todas as profecias dos antigos profetas Meu respeito se cumprirão.
  Eu serei entregue nas mãos dos mundanos para ser desrespeitado,maltratado,cuspido,chicoteado,e morto.Mas ao terceiro dia Eu ressuscitarei".
  Porém,eles não entenderam nenhuma palavra do que Ele dizia;porque o significado das palavras era difícil para eles.
 
 

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Lucas 18:24-30

                     O perigo das riquezas

  Jesus ficou olhando para ele e disse aos seus discípulos:"Como é difícil para os ricos entrarem no Reino de Deus!É mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus!"
  Aqueles que O ouviram disser isso,exclamaram:"Se é tão difícil assim,como pode alguém ser salvo?"
  Ele respondeu:"DEUS PODE FAZER O QUE OS HOMENS NÃO PODEM!"
  E Pedro disse:"Nós deixamos nossas casas e O seguimos".
  "Sim",respondeu Jesus,e todo aquele que tiver feito como vocês,deixando casa,esposa,irmãos,pais ou filhos por causa do Reino de Deus,receberá agora uma recompensa muitas vezes maior,como também receberá a vida Eterna no mundo futuro".

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Lucas 18:18-23

                              O jovem rico   

  Uma vez um líder religioso judeu fez-Lhe esta pergunta:"Bom Mestre que farei para chegar ao céu?"
  "Você sabe o que está dizendo quando Me chama de bom?"Perguntou-lhe Jesus."Só Deus é verdadeiramente bom e ninguém mais.
  Mas quanto a sua pergunta,você sabe o que os dez mandamentos dizem - não cometa adultério,não mate,não minta respeite os seus pais,e assim por diante.O homem respondeu:"Eu tenho obedecido cada uma dessas leis desde pequeno".
  "Há uma coisa ainda lhe falta".
  Disse Jesus:"Venda tudo o que tem e dê todo o dinheiro aos pobres - isso tornará um tesouro no céu para você - venha seguir-Me".
  Mas quando o homem ouviu isto foi-se embora triste,porque era muito rico.

 

sábado, 5 de novembro de 2011

Lucas 18:15-17

            Jesus abençoa as criancinhas

  Um dia algumas mães trouxeram suas crianças para que Jesus tocasse nelas e as abençoasse.Mas os discípulos as mandaram embora.
  Então Jesus chamou as criancinhas para junto dEle e disse aos discípulos:"Deixem as criancinhas vir para junto de Mim!Nunca mandem embora os pequeninos,pois o Reino de Deus pertence aos homens que tem o coração tão confiante como o destas criancinhas.E quem não tiver o tipo de fé que elas tem,nunca entrará no Reino de Deus".

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Lucas 18:9-14

          A parábola do fariseu e o publicano

  Depois Ele contou esta história a alguns que se orgulhavam das suas boa qualidades e caçoavam de todos os demais.
  "Dois homens foram ao templo orar.
  Um deles era fariseu orgulhoso,e o outro um desonesto cobrador de impostos.Orgulhoso o fariseu orava assim:
  'Eu lhe agradeço ó Deus,porque não sou um pecador como todos os demais,especialmente como aquele cobrador de impostos ali!Porque eu  nunca engano os outros,eu não cometo adultério,jejuo duas vezes por semana,e dou a Deus um décimo de tudo quanto ganho.'
  Mas o cobrador de impostos ficou em pé de longe,e não tinha coragem nem de levantar os olhos ao céu,quando orava,porém,batia no peito com grande arrependimento,exclamando:'Ó Deus,tenha misericórdia de mim,um pecador!
  Eu lhes digo que este pecador,e não o fariseu,voltou para casa perdoado!Porque os orgulhosos serão humilhado,mas os humildes serão exaltados."

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Lucas 18:1-8

               A parábola do juiz iníquo

  Um dia Jesus contou aos seus discípulos uma história para mostrar a necessidade que eles tinham de orar sempre,e mostrar-lhes que deviam continuar orando até vir a resposta.
  "Havia um juiz",disse Ele,"Um homem muito mau que fazia pouco caso de todos.Uma viúva daquela cidade vinha frequentemente suplicar justiça contra um homem que havia lhe causado prejuízos.O juiz não fez caso dela durante algum tempo,mas no fim ela o deixou nervoso.
  'Eu não tenho medo de Deus nem dos homens',disse ele consigo mesmo,porém esta mulher esta me incomodando.Vou fazer com que ela receba justiça,pois esta me cansando com as queixas constantes!'
  Então o Senhor disse:"SE ATÉ MESMO UM JUIZ MAU PODE SER VENCIDO COMO AQUELE FOI,VOCÊS NÃO ACHAM QUE DEUS SEM FALTA FARÁ JUSTIÇA AO SEU POVO,QUE LHE SUPLICA DIA E NOITE?SIM,ELE RESPONDERÁ DEPRESSA !MAS A QUESTÃO É:QUANDO EU,O MESSIAS,VOLTAR,QUANTOS QUE TEM FÉ(E ESTÃO ORANDO)ENCONTRAREI?"

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Lucas 17:20-37

                   A vinda do Reino de Deus

  Um dia os fariseus perguntaram a Jesus:"Quando é que vai começar o Reino de Deus?"Jesus respondeu:"O Reino de Deus não vem acompanhado por sinais visíveis.Não se poderá dizer:"Começou aqui neste lugar, ou naquela parte do pais',pois o Reino de Deus está dentro de vocês"
  Mais tarde Ele voltou a falar sobre isto com os seus discípulos:"Chegará o tempo em que vocês desejaram que Eu esteja com vocês nem que seja por um dia só,porém Eu não estarei aqui". ...Vocês receberão noticias de que Eu voltei,e que estou neste lugar ou naquele;não creiam nisso nem saiam para me procurar.Porque quando Eu voltar,vocês saberão sem qualquer duvida,será tão evidente como o relâmpago que fuzila pelos céus.Mas primeiro Eu devo sofrer muito e ser desprezado por toda esta nação.
  (Quando Eu voltar)o mundo estará(tão indiferente para com as coisas de Deus).
  Como estava o povo no tempo de Noé.Eles comiam e ,bebiam,e se casavam - tudo como de costume,até o dia em que Noé entrou na arca,e veio o diluvio e destruiu a todos.
  O mundo estará também como nos dias de Ló:O povo andava para lá e para cá em seu negócio diários - comendo e bebendo,comprando e vendendo,  cultivando e construindo - até aquela manhã em que Ló deixou Sodoma.Então,fogo e enxofre choveram do céu e destruíram a todos.Sim,será 'um dia normal como os outros'até a hora da Minha volta.
  Aqueles que estiverem fora de casa naquele dia,não devem voltar para arrumar bagagem;aqueles que estiverem nos campos,não devem voltar para a cidade - lembrem-se do que acontecem com a esposa de Ló!Todo aquele que se agarrar a vida, vai perde-la;e o que perder a vida,vai salva-la .Naquela noite dois homens estarão dormindo no mesmo quarto;um será levado,e o outro será deixado.Duas mulheres estarão trabalhando nas tarefas da casa,uma levada,e a outra será deixada;da mesma forma será com os homens que estiverem trabalhando lado a lado nos campos".
  "Senhor,para onde serão levados?"Perguntaram os discípulos.
  Jesus respondeu:"Onde cadáver estiver,os urubus se ajuntarão!"
 

eles

Ainda assim não estou surpreendido!O próprio Satanás pode transformar-se num anjo de luz, portanto, não é de admirar que os seus servos poss...