quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Mateus 21:33-46


A parábola dos lavradores maus


Agora ouçam isto;um certo proprietário plantou uma vinha,com uma cerca ao redor,e construiu uma plataforma para o vigia;então alugou a vinha à alguns lavradores,esperando receber em troco uma parte da colheita;e foi morar em outro pais.

No tempo da colheita da uva,ele mandou seus representantes aos lavradores,para recolher a parte dele.Mas,os lavradores atacaram os homens,bateram em um deles,mataram o outro e apedrejaram o terceiro.

Então ele mandou um grupo ainda maior de homens para receber em nome do patrão,mas os resultados foram os mesmos.Finalmente o proprietário mandou o seu filho,pensando que fosse respeitado por eles.

Porém,quando aqueles lavradores viram o filho chegando,disseram entre si:

"Aí vem o herdeiro;é melhor que morra para ficarmos com a propriedade.Assim eles o arrastaram para fora da vinha e o mataram.

Quando o proprietário voltar,que acham vocês que ele fará com aqueles lavradores?"

Os lideres dos judeus responderam:"Ele dará aos homens maus uma morte horrível,e alugará a vinha à outros que lhe paguem com honestidade".

Então Jesus lhes perguntou:"Vocês nunca leram as escrituras:'A pedra que não foi aceita pelos construtores tornou-se a pedra respeitada , que é a de esquina. Que notável ! Que coisa admirável o Senhor fez ! " ?

O que Eu quero dizer é que é que o Reino de Deus será tirado de vocês , e entregue a uma nação que dê a Deus a parte dEle na colheita. Todo aquele que tropeçar nesta pedra da verdade será destruído ; e aqueles aos quais ela cair , serão espalhados como pó " .

Quando os principais sacerdotes e os outros líderes dos Judeus perceberam que Jesus estava falando deles - queriam livrar-se dEle mas tinham medo de tentar fazer isso por causa do povo , porque todos aceitavam Jesus como um profeta .



Nenhum comentário:

Postar um comentário

E ele disse:" Se agora tenho achado graça aos teus olhos, dá-me um sinal de que és tu que falas comigo". ( Juízes 6:17)