sábado, 28 de agosto de 2010

Jeremias 26:1-19


Jeremias ameaçado de morte


No primeiro ano do reinado de Jeoaquim,filho de Josias,filho de Judá,o Senhor deu a seguinte ordem à Jeremias:

"Vá ao pátio do templo e anuncie à todos os moradores de Judá que vêm ao templo para fazer as suas ofertas;o que Eu disser à você,não deixe de falar uma só palavra sequer.Quem sabe eles escutem e deixem os seus maus caminhos!Se isto acontecer,Eu suspenderei o castigo que preparei para eles por causa dos seus pecados.Diga ao povo que Deus ordena o seguinte:'Escutem a minha voz e obedeçam a minha Lei!,se vocês não fizerem isso,e não derem importância às palavras dos profetas que,desde o inicio da história de Israel,Eu venho mandando - porque até agora vocês nunca escutaram os Meus profetas - Eu destruirei este templo tal como destrui a tenda que servia de templo em Silo.Além disso farei Jerusalém ser maldita para todos os povos da terra!

Os sacerdotes,os profetas e muita gente que estava no templo ouviu o que Jeremias falou.Quando acabou,foi cercado pela multidão,que gritava com muita raiva:Mata!Mata!Vamos acabar com Jeremias!Com que direito você anda falando que Deus vai destruir este templo como fez com o de Silo?"Perguntavam alguns gritando.E outros perguntavam agitados:"E que história é essa de Jerusalém ser destruída e não sobrar ninguém?"A esta altura Jeremias estava cercado por uma furiosa multidão.

Quando os príncipes de Judá ouviram o que estava acontecendo,correram do palácio para o templo.Lá chegando,sentaram junto à Porta Nova do templo e formaram o tribunal.Então os sacerdotes e profetas acusaram Jeremias,diante dos lideres e da multidão dizendo:"Este homem tem de ser condenado à morte!É um traidor!Os senhores ouviram muito bem que ele profetizou a destruição de nossa cidade."

Depois,Jeremias falou para se defender:"O Senhor mandou profetizar estas ameaças sobre o templo e Jerusalém.Ele mesmo disse cada palavra que vocês ouviram!Por isso,deixem os seus caminhos errados,corrijam as suas ações e obedeçam ao Senhor,o seu Deus.

Assim,Ele não dará o castigo que ameaçou dar à todo o povo de Judá.Quanto a mim,minha vida está em suas mãos.

Façam o que acharem certo,mas saibam de uma coisa:se vocês me matarem,matarão um inocente e a culpa vai cair sobre vocês,sobre a cidade de Jerusalém e seus moradores.Foi o próprio Senhor que me mandou dizer todas estas coisas que vocês ouviram!"

Então os príncipes e o povo dizeram aos sacerdotes e aos falsos profetas:"Este homem não merece ser condenado a morte.Ele falou conosco representando o Senhor nosso Deus."

Alguns homens mais velhos e experientes pediram a palavra e disseram à multidão:

"esta é a decisão certa.No passado quando Ezequias era o rei de Judá,o profeta Miquéias da cidade de Moresete,disse o seguinte ao povo de Judá:"Esta é a mensagem do Senhor do Universo:Este Monte Sião ficará limpo como um campo preparado para o plantio,Jerusalém vai se transformar num monte de casas destruídas e o lugar do templo vai ficar coberto de mato!Por acaso o rei Ezequias e o povo mataram Miquéias?Muito pelo contrário;eles respeitaram ao Senhor e se arrependeram e deixaram os seus pecados!

Pediram perdão ao Senhor e Ele não castigou Judá como tinha ameaçado.Se matarmos Jeremias pelo que ele anunciou o que o Senhor disse,vamos chamar o castigo de Deus sobre nós."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E se, como meus representantes, vocês derem até mesmo um copo d'água fria a uma criança, serão seguramente recompensados. ( Mateus 10:42...