sexta-feira, 9 de julho de 2010

Lucas 4:16-30

Jesus prega em Nazaré.
É rejeitado pelos seus

Estando na aldeia de Nazaré,terra da sua infância,como de costume,Ele foi à sinagoga no sábado,e Se levantou para ler as Escrituras.Entregaram-Lhe o livro do profeta Isaías,e Ele abriu no lugar onde diz:
"O Espírito do Senhor está sobre Mim,e Ele Me nomeou para pregar a Boa Nova aos pobres,mandou-Me anunciar que os presos serão libertados e os cegos verão;que os oprimidos serão libertados de seus opressores,e que Deus está pronto a abençoar a todos os que vêm à Ele.
Jesus fechou o livro,devolveu-o ao assistente e sentou-se,enquanto todo o mundo na sinagoga olhava atentamente para Ele.Então acrescentou:"Estas escrituras cumpriram-se hoje!"
Todos os que estavam ali falavam bem dEle e estavam admirados com as palavras bonitas que saiam de seus lábios."Como pode ser isto?"perguntavam eles.Este não é filho de José?"
Então Ele disse:"Provavelmente vocês citarão para Mim,aquele provérbio:
'Médico,cure-se a si mesmo' - significando:'Por que você não opera aqui,na sua própria cidade,milagres iguais aqueles que fez em Cafarnaum?Porém,Eu lhes afirmo que de fato,nenhum profeta é aceito em sua própria cidade!Por exemplo,lembrem-se de como o profeta Elias fez uso de um milagre para socorrer a viúva de Sarepta - uma estrangeira da terra de Sidom.Havia muitas viúvas precisando de ajuda naqueles dias de crise,porque por três anos e meio,não havia chovido,e a fome espalhava-se pela terra;todavia Elias não foi enviado à elas.Ou pensem no profeta Eliseu,que curou Naamã,o sírio,e deixou os muitos judeus leprosos que necessitavam de socorro."
Estas observações provocaram a ira de todos os que estavam na sinagoga.
Levantaram-se,amotinaram-se contra Jesus,e O levaram à encosta do monte sobre a qual a cidade estava construída,para empurrá-lo no precipício.Porém,Ele passou por entre a multidão e os deixou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pois o salário do pecado é a morte, mas o Dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor. ( Romanos 6:23)