segunda-feira, 26 de julho de 2010

Jeremias 15:1-21

Mas o Senhor deu a seguinte resposta a minha oração:Mesmo que Moisés e Samuel viessem a minha presença e Me pedissem para perdoar esse povo,Eu não perdoaria!Fora com ele!Mande-o para longe da minha presença!E se eles perguntarem:Para onde iremos?Diga que esta é a resposta do Senhor.Quem foi destinado à morte,para a morte;quem foi destinado a morrer na guerra,morrerá na guerra;quem deve morrer de fome,vai morrer de fome;quem foi separado para a escravidão,será levado como escravo.Eu vou castigar Judá com quatro tipos de castigos,diz o Senhor:A espada para matar,os cachorros para arrastar os corpos mortos,as aves e os animais ferozes do campo para devorar o que sobrar.Por causa de todos os pecados e maldades que Manassés,filho de Ezequias fez e ensinou em Jerusalém,esse terrível castigo virá sobre o povo.Assim todo o mundo saberá o que é a minha ira!
Quem vai sentir pena de você,Jerusalém?Quem vai chorar pelo que aconteceu a você?Quem ao menos vai perguntar como vai você?Ninguém!Você Me abandonou,virou as costas,diz o Senhor.Por isso,vou descer a minha mão sobre você e a destruirei.Já me cansei de sempre dar uma nova oportunidade.Muitos jovens morreram lutando para defender suas cidades dos inimigos.Deixei muitas mães sem filhos em Judá,destrui o meu povo,mas ele não quis deixar os seus maus caminhos.Haverá tantas viúvas,que será impossível contar.Ao meio-dia Eu matarei os jovens,e farei as mães chorarem de tristeza,mandarei medo e sofrimento sobre todo o povo,de repente.A mulher que teve sete filhos,desmaia ao saber que eles morreram.O sol de sua vida se esconde em pleno dia;ela perde a noção das coisas,e se afunda no desespero.Eu mesmo levarei toda a sua familia para a morte, nas mãos dos soldados inimigos.

O Senhor conforta o seu profeta

Então Jeremias desabafou:"pobre de mim,minha mãe!Eu acabei como um homem odiado em todo o nosso pais.Nunca fiquei devendo a ninguém,nunca emprestei a juros - mas quando passo na rua,todos me amaldiçoam e fazem ameaças."Deixem que falem!Senhor,bem sabe como orei por eles,como pedi que fossem poupados esses meus inimigos.
Haverá alguém capaz de quebrar barras de ferro ou de bronze do norte?Também não há ninguém capaz de quebrar a vontade e a teimosia do povo de Judá.Entregarei aos seus inimigos as riquezas e tesouros que ele juntou,por causa de todos os pecados que praticou.Os inimigos de Judá vão levar o povo como escravo para uma terra que ele não conhece,porque a minha ira está ardendo como fogo,e vai queimar todos eles.
E Jeremias respondeu:"Meu Deus,o Senhor sabe por que estou sendo perseguido.Proteja-me e castigue os meus inimigos.Pelo seu amor,não deixe que eles me matem.Eu estou sofrendo tudo isso porque amo ao Senhor!As suas palavras são o meu alimento;elas enchem o meu coração de alegria!Eu tenho orgulho de ser conhecido como uma pessoa que ama o Senhor,o Deus de todo o Universo!Nunca participei das festas e das alegrias do povo;eu já sentia na carne o sofrimento que o Senhor prometeu ao povo por causa do pecado,e por isso vivi sozinho,afastado de todos.Por que o Senhor não cura essa dor,essa ferida na minha alma?Por que não me livra dos meus inimigos?Sua ajuda parece um riacho do sertão:Um dia com água de sobra,outro dia completamente seco!"
Então o Senhor respondeu:Deixe de se lamentar,Jeremias!Você precisa é se arrepender e voltar a confiar em Mim.Só assim você continuará sendo o meu profeta!Deixe de lado o seu erro,e você poderá atrair outras pessoas,caso contrário,eles farão você se revoltar contra Mim!Eles vão atacar você como um exército cercando os muros de uma cidade,mas não o destruírão.Eu mesmo vou proteger você Jeremias!Eu mesmo o salvarei e livrarei dos seus inimigos,diz o Senhor.Vou tirar você das mãos dos pecadores;Eu o salvarei das garras dos homens violentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os teus mandamentos me tornam mais sábio que os meus inimigos, portanto, estão sempre comigo, ( Salmos 119:98)