quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Jó 14:1-22


medita sobre a brevidade da vida

Como é curta a vida do homem,cheia de medo e sofrimento!Ele nasce e cresce como uma bela flor,mas logo murcha e morre.Ele some depressa como a sombra de uma nuvem que passa no céu.Como pode o Senhor,ó Deus pedir contas de uma criatura tão fraca e sem valor como o homem?Como pode exigir que o homem,impuro por natureza,aja com justiça?Isso é impossível!O Senhor mesmo determinou a duração da vida humana;e como ela é curta!Por isso,pare de vigiar o homem tão de perto!
Dê um pouco de descanso ao homem,para que ele ache um pouco de prazer na vida.
"Até uma árvore cortada tem esperança,pois pode voltar a produzir ramos e folhas.Mesmo quando as raízes envelhecem e o tronco seca,ela voltará a crescer.Regada pela chuva,ela crescerá como se fosse uma planta nova.Mas,o homem,quando morre,não volta a viver.
Morre e ninguém sabe para onde vai a sua alma.As águas dos rios e lagos secam e desaparecem quando há uma seca,do mesmo modo o homem dorme seu ultimo sono,e não acorda até que os céus deixem de existir.Quem dera que o Senhor me escondesse entre os mortos,até a sua ira passar,e então,lembrar-se de mim na hora certa!
"Quando o homem morre,por acaso volta a viver?Essa esperança é que me faz aguentar os sofrimentos desta vida até chegar o dia de passar para aquela vida melhor.O Senhor me chamaria e eu responderia;então o Senhor me mostraria o seu amor.Mas,agora,o Senhor vigia de perto os meus passos.Não é verdade que toma nota de cada um dos meus pecados?Minhas desobediências são ajuntadas e cada vez que faço algo de errado,o Senhor coloca um pecado a mais na minha conta.
"Como o tempo e o vento destroem grandes montes e tiram pedras do seu lugar,como a água corrente vai desgastando as pedras e as margens dos rios,assim o Senhor destrói uma após outra as esperanças do homem.A todo instante luta contra ele,até a morte.Faz o seu rosto mudar,ficar velho e enrugado e finalmente manda o homem para o reino dos mortos.Seus filhos crescem e se tornam famosos e respeitados,mas ele nada sabe disso.Por outro lado,eles podem ser um completo fracasso na vida,e não fará a menor importância para ele.Para ele só existe sofrimento e dor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E ele disse:" Se agora tenho achado graça aos teus olhos, dá-me um sinal de que és tu que falas comigo". ( Juízes 6:17)