quarta-feira, 17 de novembro de 2010

João 18:25-32

      De novo ,Pedro nega a Jesus

  Enquanto isso,Simão Pedro ainda estava perto da fogueira,e perguntaram novamente à ele:"Você não é um dos discípulos dEle?"
  "Claro que não",respondeu ele.
  Mas um dos escravos da casa do supremo sacerdote - parente do homem de quem Pedro havia cortado a orelha - perguntou:"Eu não vi você lá no bosque das Oliveiras com Jesus?"
  Outra vez Pedro negou isso.E imediatamente um galo cantou.
 
                 Jesus perante Pilatos

  O julgamento de Jesus diante de Caifás,terminou nas primeiras horas da manhã.Dai Ele foi levado ao palácio do governador romano.Os seus acusadores não entraram porque isso poderia "contaminar a todos",diziam eles,e depois não poderiam comer o cordeiro da Páscoa.Então o governador Pilatos saiu ao encontro deles e perguntou:"Qual é a acusação que vocês fazem contra este homem?"
  Nós não O teríamos prendido se Ele não fosse um criminoso.Ora essa!"Disseram eles.
  Então levem o acusado para ser julgado por vocês mesmos,pelas suas leis disse Pilatos.
  "Mas nós queremos que Ele seja crucificado",disseram eles,e é necessária a sua aprovação.
  Isto cumpriu o que Jesus havia dito a respeito do modo pelo qual morreria.
 
 
 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pois, se nem ainda podeis as coisas minimas, porque estais ansiosos pelas outras? ( Lucas 12:26)