terça-feira, 15 de março de 2011

Filipenses 3:1-11

                  A exortação referente à alegria cristã

  Haja o que houver,caros amigos,alegrem-se no Senhor.Nunca me canso de dizer-lhes isto,e é bom para vocês ouvir muitas vezes a mesma coisa.

                      O aviso contra os falsos mestres

  Cuidado com esses homens ruins - eu os chamo de cães perigosos - os que dizem que vocês devem circuncidar-se para serem salvos.Porque não é o corte de nossos corpos que nos torna filhos de Deus;é adorá-LO com nossos espíritos.
  Essa é a única "circuncisão" verdadeira.
  Nós,os cristãos nos gloriamos naquilo que Cristo Jesus fez por nós e compreendemos que não temos meios de salvar-nos a nós mesmos.
  Ainda mais, se alguém alguma vez teve motivos para esperar que poderia salvar-se a si mesmo,esse alguém seria eu.Se outros pudessem ser salvos por aquilo que são,logicamente eu poderia!
  Porque eu passei pela cerimonia de iniciação judaica quando ainda tinha oito dias de idade,tendo nascido num lar de sangue puramente judaico que era uma ramificação da velha família genuína de Benjamim.Portanto,eu era um verdadeiro judeu,se jamais existiu algum!Além do mais,era membro da seita dos fariseus,que exigiam a mais estrita obediência a todas as leis e costumes judaicos.
  Era sincero?Sim,e tanto que persegui grandemente a igreja,e procurava obedecer minuciosamente até o extremo cada preceito e regulamento judaico.
  Entretanto,todas estas coisas que eu julgava muito valiosas - agora,lancei-as todas fora,a fim de poder pôr toda a minha confiança e esperança somente em Cristo.Sim,todas as outras coisas perdem o valor quando comparadas com o ganho inestimável de conhecer a Cristo Jesus,meu Senhor.Eu pus de lado tudo o mais,achando que valia menos do que nada,a fim de que possa ter a Cristo,e tornar-me um com Ele,não contando mais salvar-me  por ser suficientemente bom  ou por obedecer as Leis de Deus,mas pela confiança em Cristo como meu Salvador;porque a maneira de Deus nos fazer justos diante dEle depende da fé - contando somente com Cristo.Agora eu renunciei a todas as outras coisas - descobri que este era o único meio de realmente conhecer a Cristo e ter experiência  do imenso poder que O trouxe de volta à vida,e conhecer o que significa sofrer e morrer com Ele,a fim de que ,por mais que isso exija,eu seja um dos que vivem na revigorante novidade de vida daqueles que estão entre os mortos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu, o Senhor, o chamei em retidão; segurarei firme a sua mão. Eu o guardarei e farei de você um mediador para o povo e uma luz para os genti...