segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Lucas 19:11-27

                  A parábola das dez minas

  Porque Jesus estava se aproximando de Jerusalém,contou uma história para corrigir a história de que o Reino de Deus estava para começar logo.
  Um homem nobre que morava em certa província foi chamado a distante capital do império para se coroado rei da sua província.Antes de partir,ele reuniu dez auxiliares e deu a cada um deles certa quantia em dinheiro,para empregarem enquanto ele estivesse ausente.Mas alguns do seu povo o odiavam,enviaram uma declaração de independência dizendo que haviam se revoltaram e não o reconheciam como o seu rei.
  Ao voltar, ele chamou os homens a quem tinha dado o dinheiro,para saber o que haviam feito com ele,e quais haviam sido os lucros.
  O primeiro conseguiu um lucro enorme - dez vezes mais a quantidade recebida!
  'Ótimo!'Exclamou o rei.Você é um servo eficiente.Foi fiel no pouco que lhe confiei,e como recompensa,será governador de dez cidades'.
  O servo seguinte também conseguiu um lucro excelente - cinco vezes a quantia recebida.
  'Muito bem!' disse o seu patrão.'Você pode ser governador de cinco cidades'.
  Mas o terceiro cervo trouxe de volta apenas o dinheiro com que havia começado.'Eu o guardei bem seguro',disse ele,'porque fiquei com medo do Senhor,que é um homem duro de se tratar,tirando o que não é seu e até tomando a colheita que os outros plantam!'Seu servo mau e ruim',gritou o rei.'Duro,eu?Pois é exatamente vou ser com você!Se você sabia tanto a meu respeito e como sou violento,então porque não depositou o dinheiro no bando,para que pelo menos eu ganhasse algum juro com ele?'
  Assim,pois voltando-se para os outros que se achavam ali,mandou:'Tomem o dinheiro dele e dêem ao homem que ganhou mais'.
  'Mas,senhor',disseram,'ele já tem muito!'
  'Sim',respondeu o rei,'mas sempre foi verdadeiro que aquele que tem ganho mais,e aquele que tem pouco,em breve,perdem até isso.E agora,quanto a estes meus inimigo que se revoltaram, tragam todos aqui para que sejam mortos na minha presença"'.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...E também que todo homem coma e beba, e goze do bem de todo o seu trabalho; isto é um dom de Deus. ( Eclesiastes 3:13)