quinta-feira, 19 de maio de 2011

Lucas 2:21-35

                 A circuncisão de Jesus

  Oito dias depois, na cerimônia de circuncisão,do menino,deram-lhe o nome de Jesus,como o anjo tinha dito,antes mesmo que Ele nascesse.

      A apresentação de Jesus no templo

  Quando chegou o tempo de levar ao templo a oferta de purificação de Maria,como as leis de Moisés exigiam depois do nascimento de uma criança,seus pais O levaram a Jerusalém para apresentá-LO ao Senhor;porque as leis de Deus diziam:"Se o primeiro filho de uma mulher for menino.Ele será dedicado ao Senhor!"
  Nessa ocasião os pais de Jesus ofereceram também o sacrificio pela purificação:"um par de rolinhas ou dois filhotes de pombo"era a exigência mínima legal.Naquele dia um homem chamado Simeão,morador de Jerusalém,estava no templo.Era um homem bom,muito devoto,cheio do Espírito Santo,e vivia esperando que o Messias chegasse em breve.Pois o Espírito Santo lhe havia revelado que ele não morreria enquanto não visse o Cristo prometido por Deus.O Espírito Santo o impulsionou a ir no templo naquele dia,então,quando Maria e José chegaram para apresentar o menino Jesus ao Senhor,em obediência a lei.Simeão estava lá e tomou a criança nos braços,louvando a Deus.
  "Senhor"disse ele,"agora eu posso morrer em paz!Pois eu vi como o Senhor me prometeu que eu veria.Eu vi o Salvador que o Senhor prometeu dar ao mundo.Ele é a luz que dará iluminação espiritual às nações,e será a glória do seu povo Israel".
  José e Maria,parados ali junto,admiravam-se do que se dizia a respeito de Jesus.
  Simeão os abençoou ,mas disse depois a Maria:"Uma espada atravessará a sua alma,porque essa criança será rejeitada por muitos em Israel,e isto para a própria destruição deles.Ele será motivo de contradição,mas uma grande alegria para outros.E os pensamentos mais profundos de muitos corações serão revelados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vós, servos, sujeitai-vos com todo temos aos senhores, não somente aos bons e humanos, mas também aos maus. ( 1 Pedro 2:18)