sexta-feira, 1 de junho de 2012

O parecer de Tiago

  Quando eles terminaram,e todo mundo agora ouvia,enquanto Barnabé e Paulo falavam a respeito dos milagres que Deus tinha feito por meio deles entre os estrangeiros.
  Quando eles terminaram,Tiago tomou a palavra."Irmãos",disse ele,"ouçam-me":'Pedro falou a vocês a respeito da ocasião em que Deus primeiramente visitou as nações a fim de separar dentre elas um povo para fazer honra ao seu nome.E esse fato da conversão desses povos concorda com o que os profetas predisseram.Por exemplo,ouçam estas palavras do profeta Amós:
  'Depois disto'(diz o Senhor),'Eu voltarei e renovarei o contrato feito com Davi,o qual tinha sido quebrado.Para que também os estrangeiros - todos aqueles marcados com o meu nome - encontrem o Senhor.
  E isto é o que o Senhor diz,pois ele revela os seus planos feitos desde o principio.
  Portanto,a minha opinião,é que nós não devemos insistir com os estrangeiros que se convertam a Deus devam obedecer as nossas leis judaicas.Devemos apenas escrever a eles para que deixem de comer carne sacrificada aos ídolos,de toda a fornicação,e deixem também de comer carne de animais estrangulados sem sangrar.
  Porque se tem pregado contra estas coisas nas sinagogas judaicas em cada cidade todos os dias de culto,durante muitas gerações." (Atos 15:12-21)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E a Lei mais importante, a Lei número um para o templo, é esta: Santidade absoluta! Todo o alto monte onde fica o templo será santo. Esta é ...