sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

2 Reis 18:19-36

              Rabsaqué afronta a Ezequias
                           e ao Senhor

  Então o general assirio mandou este recado ao rei Ezequias:"O grande rei da Assíria diz:'Ninguém pode salvar você do meu poder!Você precisa de mais do que simples promessas de auxilio antes de se revoltar contra mim.Qual porém dos seus aliados lhe dará uma coisa a mais do que palavras?O Egito?Se você se apoiar no Egito,vai descobrir que ele não passa de uma vara sem resistência,que se quebra sob o peso do seu corpo e ainda penetra na sua mão.O Faraó do Egito não merece a miníma confiança!
  E se você disser:'Confiamos no Senhor para nos livrar' - lembre-se de que foram os altares desse Deus que estavam nos altos dos montes que você destruiu.
  Pois você exige que todos adorem juntos ao altar que está em Jerusalém!Eu vou lhe dizer o que você deve fazer:'Faça uma aposta com o meu senhor o rei da Assíria!Se você tiver dois mil homens para montar com cavalos,nós lhe daremos os cavalos!Ora,com um exército assim pequeno,você não é ameaça nem mesmo para o menor tenente que comanda o menor grupo do exército do meu senhor.
  Mesmo que o Egito lhe forneça carros e cavaleiros,de nada adiantará.E acaso você pensa que viemos aqui por nossa conta própria?Não,foi o Senhor que me enviou e nos disse:'Vão e destruam esta nação!"'
  Então,Eliaquim.Sebna e Joá disseram a eles:"Por favor falem na língua aramaica,porque entendemos essa língua.E não falem na língua hebraica porque o povo que está sobre os muros pode ouvir o que vocês falam".
  Mas o general assirio respondeu:
  "Por acaso o meu senhor me enviou a falar somente com vocês e com o seu senhor?
  Pois fiquem sabendo isto:Ele manda falar também ao povo que está sobre os muros.Pois eles também estão condenados com vocês a comer as suas próprias fezes e a beber a sua própria urina!"
  Então o chefe do estado-maior assirio gritou em língua hebraica para os que estavam sobre os muros:"Ouçam o que diz o grande rei da Assíria.Não deixem que o rei Ezequias engane vocês,ele nunca poderá salvar vocês do meu poder,não deixem que engane o povo confiando no Senhor para os livrar.Não dêem atenção ao rei Ezequias.Rendam-se!Vocês podem viver em paz,aqui na sua própria terra comendo dos seus próprios frutos e bebendo água dos seus próprios poços,até que eu leve vocês para uma outra terra igual a essa - com abundância de colheitas,cereais,vinho,oliveiras e mel.Tudo isto em vez de morte!Não dêem atenção ao rei Ezequias,quando ele tenta convencer vocês de que o Senhor vai livrar o povo.Vocês já viram alguns dos deuses de outras nações livrá-las do rei da Assíria?O que aconteceu aos deuses de Hamate e Arpade,de Sefarvaim,de Hena e de Iva?Acaso eles livraram Samaria?Qual o deus que alguma vez pode livrar qualquer nação do meu poder?Diante disso o que faz vocês pensarem que o Senhor pode livrar Jerusalém?"
  Porém o povo que estava sobre os muros ficou em silêncio,porque o rei lhes tinha dado ordens para não falar nada.
  Então Eliaquim filho de Hilquias,gerente dos negócios reais,e Sebna,secretário do rei,e Joá(filho de Asafe),o historiador do reino,apresentaram-se ao rei Ezequias com suas roupas rasgadas,e contaram a ele tudo o que o general assirio tinha dito.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pois, se nem ainda podeis as coisas minimas, porque estais ansiosos pelas outras? ( Lucas 12:26)